Conteúdo

Ambesp Central de Santos terá intervenções a partir desta sexta; serviços serão alterados temporariamente

28 de agosto de 2019
17h 09

O Ambulatório de Especialidades (Ambesp) da Região Central Histórica, que funciona em imóvel locado à Av. Conselheiro Nébias, 199 (Paquetá), passará por intervenções emergenciais, a partir desta sexta-feira (30), entre elas a troca do forro de isopor, limpeza dos aparelhos de ar condicionado, instalação de pontos de rede e impressoras, limpeza e higienização geral.

Os trabalhos vão durar 10 dias, incluindo os finais de semana, o que vai exigir a interrupção dos atendimentos por sete dias úteis (30 de agosto e 2, 3, 4, 5, 6 e 9 de setembro).

Durante o fechamento temporário do Ambesp Central, alguns serviços serão transferidos para imóvel anexo à Seção de Recuperação e Fisioterapia (Serfis), que funciona a poucas quadras do imóvel, na Avenida Conselheiro Nébias, 267 (Vila Nova). São eles: a retirada de medicamentos para os pacientes com prescrição médica do Ambesp; os atendimentos relativos ao TFD (tratamento fora do domicílio); as reuniões do grupo de tabagismo; o ambulatório de doença de Crohn e as consultas agendadas da especialidade de endocrinologia.

Os atendimentos da farmácia e do TFD serão de segunda a sexta, das 8h às 16h, sendo os demais conforme agendamento. Já o Ambulatório de Trauma de Urgência, que atende os pacientes encaminhados pelas unidades de pronto atendimento (UPA) para acompanhamento ambulatorial como a retirada de gesso e outros procedimentos, será transferido no período para o Complexo Hospitalar da Zona Noroeste (Rua Agamenon Magalhães s/n°, Castelo). Este atendimento ocorre mediante agendamento.

As consultas das outras especialidades médicas serão retomadas no dia 10 de setembro, no atual imóvel do Ambesp Central (Av. Conselheiro Nébias, 199).

Nova sede em 2020

Paralelamente a estas melhorias, está em fase final de construção o imóvel de 4 mil m² no bairro do Macuco (Rua Manoel Tourinho com Rua José Francisco Valença) onde funcionará a nova sede do Ambesp Central. O prédio tem subsolo e mais quatro pavimentos (térreo, 1º, 2º e 3º andares) e contará com centro cirúrgico, farmácia, sala de raios-X, sala de gesso, 33 consultórios, salas para exames (teste ergométrico, ultrassonografia, eletroencefalograma, eletrocardiograma) e curativos (inclusive a laser, para feridas persistentes), auditório para capacitações e treinamentos.

A obra é uma parceria da Prefeitura de Santos com a Fundação Lusíada, sem custos ao Município, que também resultará em economia com o pagamento de aluguel (hoje é de R$ 40 mil/mês), além de melhor infraestrutura e ampliação dos atendimentos e serviços em até 40%. A previsão de início de operação é para o começo de 2020.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.