Conteúdo

248 mil volumes, 71 mil doações: os superlativos números da leitura em Santos

8 de agosto de 2019
16h 45

Se o hábito da leitura está presente no seu dia a dia, a notícia não poderia ser melhor. Afinal, a tendência é de você se tornar uma pessoa cada vez mais concentrada, de pensamento crítico e vocabulário extenso. Sem contar que a prática reduz o estresse e é totalmente gratuita em vários pontos de Santos.

Mantidos pela Secretaria de Cultura, oito espaços para leitura, pesquisa e consulta de livros disponibilizam 248.200 volumes aos munícipes. São seis bibliotecas, uma hemeroteca (acervo de jornais, revistas e periódicos) e uma gibiteca (acervo de gibis e fanzines). Confira aqui os endereços.

Há ainda a distribuição de livros pela unidade móvel do programa Leia Santos - Um Incentivo à Leitura, que também recebe doações dos moradores, e obras disponíveis em pontos de ônibus, dentro dos circulares, nas vilas criativas e unidades de saúde.

O interesse pela leitura por parte dos santistas pode ser traduzido em números. Só no ano passado, foram 28.144 livros entregues aos moradores pelo Leia Santos. As bibliotecas municipais, com mais de 248 mil publicações disponíveis, receberam 48.604 visitantes em 2018.

Perto de completar 14 anos, em outubro, o Leia Santos segue contabilizando dados expressivos. Já são mais de 450 atividades literárias e doação de 43 mil livros e 28 mil gibis. Desde o começo do projeto, mais de 27 mil pessoas foram atendidas, das quais uma boa parte, 35%, tem até 15 anos. ''Os jovens são mais receptivos aos livros que distribuímos, ainda que a gente trabalhe com toda sorte de obras literárias'', explica Rodrigo Lucheta, responsável pelo programa.

Entre os exemplares oferecidos pelo programa, é possível encontrar inúmeras obras da literatura clássica, incluindo as doações feitas pela curadoria de Monteiro Lobato, em 2017. Na ocasião, mais de 250 títulos foram entregues por Álvaro Gomes, que ficou admirado com o Leia Santos.

BEST SELLERS

‘’Temos também muitos best sellers. Muitas vezes, o munícipe se surpreende encontrando no Leia Santos um sucesso de vendas que acabou de ser lançado. O santista é muito generoso nesse sentido’’.

Atualmente, cerca de 300 livros são doados por semana. Pessoas interessadas em doar acima de 20 unidades podem agendar a retirada pelos telefones 3226-8021 / 3223-8908. Se a quantidade for menor, é possível levá-la até o ponto de leitura mais próximo. Também é possível fazer as entregas em equipamentos da Secretaria de Cultura como as bibliotecas e a hemeroteca. Não são aceitas doações de enciclopédias ou livros didáticos.

EM AGOSTO

Com agenda mensal, a unidade móvel do Leia Santos vai para a rua em média duas vezes por semana para distribuir aproximadamente 350 livros e 200 gibis. ''Em pontos de grande circulação como a Praça Mauá e o bulevar da Rua Othon Feliciano, por exemplo, conseguimos escoar toda essa quantidade num único evento''.

Neste mês de agosto, a equipe do Leia estará presente no Ciclo de Poesia Falada, nesta sexta-feira (9), a partir das 19h30. No sábado (10), das 14h às 18h, a ação participa do Quintal Cultural no Monte Cabrão, que será montado na Rua Principal, em frente à escola municipal do local.

Já no dia 14, às 19h, participa do projeto Cine Letras, no Museu da Imagem e do Som de Santos – Miss (Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias). A agenda prossegue durante mais uma edição do Arte no Parque, dia 18, das 10h às 18h, no Jardim Botânico Chico Mendes (R. João Fraccaroli s/nº, Bom Retiro). A Praça Mauá, no Centro, recebe o Leia Santos no Dia do Folclore, dia 22, das 10h às 14h.

Encerrando o mês, o projeto participa de três atividades: Rua de Lazer, dia 25, das 9h às 13h; sessão do Cine Letras, na Biblioteca Mário Faria (Posto 6, orla do bairro Aparecida), dia 28, a partir das 19h, finalizando com o Sexta com Arte, no Centro de Atividades Integradas (Cais) Milton Teixeira (Av. Rangel Pestana, 150, Vila Mathias), dia 30, às 19h.

Segundo o responsável pelo Leia Santos, Rodrigo Lucheta, para a definição dos locais de distribuição dos livros, alguns pontos são levados em consideração para que se atinja o maior número de pessoas em cada evento. ''Em bairros residenciais de pouca movimentação de pedestres, privilegiamos a entrada de escolas, pontos de maior intensidade comercial do bairro e que recebem moradores de todas as regiões da Cidade, como a Praça Mauá, a Praça dos Andradas (saída do terminal) ou o posto do Poupatempo. Nessas localidades, fazemos sempre, no mínimo, um evento por mês''.

ÔNIBUS

Expansão do Leia Santos, o projeto Leve, Leia, Doe atinge o mesmo objetivo de incentivo à leitura, mas por outros meios. São 40 displays fixos dentro de 40 ônibus coletivos, em 10 pontos de ônibus, 10 unidades de saúde, em sete unidades de atividades integradas e um em locais como Paço Municipal, Aquário, Orquidário e Jardim Botânico.

‘’A ideia desses pontos fixos é da autossustentabilidade, ou seja, promover a colocação e a retirada voluntária de livros pelos munícipes, mas nós percorremos cada um desses pontos uma vez por semana e os abastecemos com novos livros’’, esclarece Lucheta.

CINEMA

Um outro desdobramento do Leia Santos, o Cine Letras está presente em duas sessões mensais gratuitas de cinema (uma no Museu da Imagem e do Som e outra na Biblioteca Mário Faria), com debate ao final dos filmes e doação de livros relacionados ao cinema, como biografia de atores e diretores, livros que serviram de base para roteiros ou de teoria do cinema.

Confira a relação de locais com displays fixos (exceto os 40 dentro dos ônibus)

  1. Policlínica do Morro São Bento
  2. Policlínica do Morro da Nova Cintra
  3. Policlínica da Caneleira
  4. Policlínica Rádio Clube
  5. Policlínica São Manoel
  6. Policlínica Ponta da Praia
  7. Policlínica do Campo Grande
  8. Unidade de Saúde da Família - Caruara
  9. UBS Porto
  10. UPA Central
  11.  Ambulatório de Especialidades da Zona Noroeste
  12. Ambulatório de Especialidades - Conselheiro Nébias
  13. Vila Criativa Vila Nova
  14. Vila Criativa Vila Progresso
  15. Vila Criativa Morro da Penha
  16. Biblioteca de Artes (Cais Vila Mathias)
  17. Poliesportivo Dale Coutinho
  18. Centro da Juventude - Rádio Clube
  19. Centro Cultural da ZN - Areia Branca
  20. Hemeroteca Municipal (Centro de Cultura Patrícia Galvão)
  21.  Orquidário
  22. Aquário
  23. Jardim Botânico - Bom Retiro
  24. Av. Martins Fontes, 1.075 - Saboó
  25. Paço Municipal
  26. Resolve Aqui - Centro Histórico
  27. Câmara Municipal
  28. Praça da República (ponto de ônibus)
  29.  Av. Bartolomeu de Gusmão, 155 – Aquário (ponto de ônibus)
  30. Av. Bartolomeu de Gusmão, 111 - Escolástica Rosa (ponto de ônibus)
  31. Av. Bartolomeu de Gusmão, 91 – Aparecida (ponto de ônibus)
  32. Rua Conselheiro Ribas, 236 – Shopping Praiamar (ponto de ônibus)
  33.  Av. Vicente de Carvalho, 92 - Parque das Samambaias (ponto de ônibus)
  34. Av. Presidente Wilson – Posto 1 (ponto de ônibus)
  35. Av. Ana Costa - Estação da Cidadania (ponto de ônibus)

Galeria de Imagens

pessoas pegando livros no estande #pracegover
menino pega gibi #pracegover
pessoas pegam livros no estande #pracegover
estande com pessoas pegando livros #pracegover