Conteúdo

Ministro alemão visita a cidade

27 de março de 2011
18h 00

Santos recebe nesta terça (29) a visita oficial do ministro do Transporte, Construção e Desenvolvimento Urbano da Alemanha, Peter Ramsauer, acompanhado de comitiva com 23 pessoas, entre funcionários do governo e empresários da área de infraestrutura do país europeu. O grupo chegou domingo (27) a São Paulo e ficará até a próxima terça-feira no Brasil, onde também visitará o Rio e Brasília.

O ministro virá à cidade acompanhado de sua mulher, Susane Ramsauer; do secretário de Estado do Ministério, Rainer Bomba, do chefe do Departamento de Relações Internacionais da pasta, Peter Reuss; e do cônsul-geral da Alemanha em São Paulo, Mathias Von Kummer.

A comitiva será recebida às 9h30 no Paço Municipal pelo prefeito João Paulo Tavares Papa e o secretário de Assuntos Portuários e Marítimos e presidente do CAP (Conselho de Autoridade Portuária), Sérgio Aquino; presidente da Codesp (Companhia Docas do Estado de São Paulo), José Roberto Correia Serra; secretário de Gestão e Infraestrutura da SEP (Secretaria Especial de Portos), do governo federal, Fernando Victor Castanheira de Carvalho; e o diretor-superintendente da Hamburg Süd no Brasil, Julian Thomas. Está prevista uma solenidade no salão nobre, às 9h45, e coletiva de imprensa, às 10h30.

Paralelamente, também no período da manhã, a mulher do ministro se encontra às 9h30 com a presidente do Fundo Social de Solidariedade de Santos, Silvia Papa, que a acompanhará em visita a sede santista do Deutsche Seemannsmission - organização filantrópica que dá apoio social, religioso e psicológico a marinheiros - localizada no Boqueirão. Às 11h, o grupo faz um passeio de escuna pelo porto, organizado pela Codesp, com saída e retorno próximo ao prédio da Alfândega.

Acordo
Em 21 de junho do ano passado, Prefeitura, Codesp e o Ministério de Transportes, Construção e Desenvolvimento Urbano da Alemanha, por meio do secretário de Estado Rainer Bomba, firmaram em Santos carta de intenções para buscar saídas para o aprimoramento do setor portuário.

Segundo o secretário de Assuntos Portuários e presidente do CAP, Sérgio Aquino, a visita tem como objetivo o aprofundamento do acordo formalizado entre os dois países, que prevê cooperação nas áreas de desenvolvimento e estratégias de transporte hidroviário e plataformas logísticas, intercâmbio cultural e educacional, capacitação de profissionais e pesquisas científicas.