Entusiasmo que contagia: 35 anos de muita energia no serviço público

O jeito ‘italiano’ de falar com as mãos já revela a principal característica do último destaque no Mês do Servidor: entusiasta. Nívio Corrêa Barbosa tem 55 anos e é servidor há 35.

Atua como supervisor da Triagem e Obras Particulares, dentro da coordenadoria do Poupatempo, ligada à Secretaria de Gestão. Para ele, o entusiasmo é natural. “Na minha história profissional não houve rotina. A inquietação que tenho me trouxe até onde estou. E estou feliz porque, no final de todo o trabalho, recebemos um ‘muito obrigado’ do munícipe”.

Formado em Administração Pública e pós-graduado em Gestão Estratégica de Negócios, Nívio ingressou na Prefeitura em 1982, na Secretaria de Obras e Serviços Públicos. Após dez anos, foi para a Secretaria de Cultura, depois ao Gabinete do Prefeito e, posteriormente, Regional da Zona Noroeste.

Até que surgiu uma grande oportunidade profissional: coordenar a equipe que iria implantar o Poupatempo na Cidade. “Foi um grande desafio; em 2008 não existia isso aqui, só boa vontade dos servidores. Tivemos que fazer um estudo sobre as demandas, adequação dos sistemas, montar as equipes. Dá muito orgulho: fomos os pioneiros em integrar, no mesmo serviço, órgãos do Estado e do Município”, explica.

TREINAMENTO

Por três meses, os servidores escolhidos para o desafio estiveram em treinamento intensivo de sistemas, procedimentos, formulários e, principalmente, no atendimento ao público. “Órgãos que funcionavam na origem tinham um tipo de rotina e aqui tudo é diferente. Neste espaço comum, seguimos um padrão de atendimento, comportamento, horário, uniforme. Na época havia pessoas que tecnicamente eram muito boas, mas não tinham o perfil de trabalhar com o público. Tivemos que achar as peças do quebra-cabeça”.

Atualmente, o Poupatempo dispõe de serviços de oito secretarias municipais: Cultura, Turismo, Relações Institucionais e Cidadania/Procon, Gestão, Finanças, Infraestrutura e Edificações, Procuradoria Geral do Município e Companhia de Engenharia e Tráfego.

RESULTADOS

O entusiasmo do servidor em trabalhar no local tem um motivo. Foram mais de 5 milhões de cidadãos atendidos pela Prefeitura no local, desde 2009, com satisfação superior a 99%. “O legal desse formato é que a gente desmonta aquela visão errada de que, no serviço público, há sempre um jeitinho para resolver tudo. Provamos que não há privilégios e nem ‘carteiradas’. O único jeito é pegando a senha e esperando a vez”.

Nesses 35 anos, Nívio se considera aprovado nos desafios da carreira. “Tenho muito gás para continuar minha caminhada profissional e acho que fiz muitas escolhas certas. Uma frase que ouvi e me marcou é a seguinte: ‘inspirar é melhor que administrar’. Eu acho que inspiro, tanto aqui como lá fora, com minha família, meus netinhos. Esse é meu objetivo. Continuar tirando o ‘muito obrigado’ da população por muitos anos”.

Foto: Francisco Arrais