Conteúdo

Rede do Bem ganha hotsite para facilitar adesão e transparência

1 de março de 2019
13h 05

A Rede do Bem, iniciativa da Prefeitura de incentivo à solidariedade no Município, baseada em destinar o troco de transações comerciais para entidades assistenciais ligadas ao Fundo Social de Solidariedade (FSS), agora está mais transparente.

Foi criado nesta semana o hotsite, ligado ao Santos Portal, ferramenta que oferece informações sobre a proposta, traz a lista atualizada de entidades participantes e contém a declaração dos valores arrecadados. Também há um campo específico para adesão pelos comerciantes, com um formulário de pré-cadastro junto ao Procon Santos, para recebimento de materiais de divulgação da campanha. Nele, o comerciante poderá, inclusive, escolher uma das entidades para receber as doações.

Criada em agosto de 2018, a Rede do Bem surgiu a partir de uma ação de conscientização para comerciantes entregarem o troco exato, como explica o coordenador do Procon Santos, Rafael Quaresma. “Tentamos conscientizar o comerciante e o consumidor a praticarem o troco corretamente, mas o que verificamos é que a circulação de moedas é restrita, sendo muito difícil a prática do valor e troco exatos. Então, surgiu a ideia de criarmos uma campanha de cunho social, afinal, este geralmente é um valor pequeno, mas que no montante pode ajudar, e muito, no dia a dia das entidades assistenciais”. As doações devem ser feitas em estabelecimentos que estejam sinalizados com a identidade visual do programa`.

O programa está regulamentado pelo decreto 8.191, de 14/08/2018 e conta com apoio do Sindicato do Comércio Varejista da Baixada Santista, Câmara dos Dirigentes Lojistas - Santos/Praia e Câmara dos Dirigentes Lojistas - Santos/Centro.