Conteúdo

Projeto Leia Mulheres ganha núcleo em Santos

28 de abril de 2019
10h 57

Incentivada por uma brincadeira num dia chuvoso de 1816, Marry Shelley teve a ideia para Frankenstein ou o Prometeu Moderno. Publicado dois anos após, a obra gótica se tornou um grande marco e é considerada a primeira ficção científica da história, além de ter se perpetuado na cultura popular. São histórias como essa que o projeto Leia Mulheres busca relembrar e encorajar. Criado na capital paulista, em 2015, o clube de leitura está presente em mais de 100 municípios do País e ganhou neste sábado (27) um núcleo em Santos.

"Acompanhava o perfil do Leia Mulheres no Instagram, como leitora, para pegar dicas de livros. Foi daí que tive o insight: por que não trazer um projeto tal legal quanto esse para Santos, uma Cidade bastante ligada a cultura? Convidei a Jovana (Vasconcelos) e entrei em contato com as idealizadoras, três amigas de São Paulo que se basearam na proposta da escritora Joanna Walsh", disse Amanda Ancelmo, que conduz o núcleo santista ao lado de Jovana.

Com encontros marcados até o mês de novembro no Centro de Cultura Patrícia Galvão, a proposta do clube é reunir pessoas de todos os sexos e idades para debater obras de escritoras, dos mais variados gêneros literários, e incentivar mulheres que mantém a escrita como hobby a mostrarem suas obras e até publicá-las.

O primeiro encontro debateu Antes que Seque, de Marta Barcellos. A obra, vencedora da categoria Contos do Prêmio Sesc de Literatura de 2015, apresenta a maternidade como tema central. "A ideia de debatê-lo surgiu em uma época em que Jovana e eu estávamos discutindo sobre maternidade e a importância disso na vida das mulheres. Além de ser um tipo de assunto que é presente na vida de todo mundo", expôs Amanda.

O próximo encontro do Leia Mulheres Santos será no dia 8 de junho e debaterá o livro Um Teto Todo Seu, da escritora inglesa Virginia Woolf. O Centro Cultural Patrícia Galvão fica na Avenida Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias. A entrada é gratuita.

Foto: Divulgação Secult.