Parceria reduz atendimento de clientes contra empresa de telefonia e TV

Publicado: 10 de abril de 2018
17h 59
Noticías

Em um ano, o programa Expressinho, realizado pela Claro Brasil em parceria com o Procon-Santos, conseguiu reduzir em quase 52% o número de atendimentos no órgão de defesa do consumidor santista em busca por soluções junto à empresa de telefonia. De 15 de março de 2017, quando a iniciativa começou, até o último dia 31 foram 158 atendimentos no Procon, contra 328 no mesmo período de 2016-2017.  

Os números comprovam a assertividade do programa, que nesta terça-feira (10) teve a parceria oficializada com a assinatura de termo de cooperação entre representantes das empresas que fazem parte do Claro Brasil, que reúne as marcas Claro e Embratel, e o prefeito Paulo Alexandre Barbosa. O ato legitima o que há um ano vem ocorrendo positivamente entre as partes envolvidas: agilidade ao cliente, com resolução do problema em cinco dias, metade do prazo convencional previsto na Carta de Informação Preliminar (CIP); praticidade à empresa, que evita romper a credibilidade junto ao público, e economia de custos ao Procon.

“Essa é uma importante parceria que fortalece o consumidor, a parte mais frágil na relação de consumo”, destacou o prefeito. Só nos dois primeiros meses deste ano foram 45 atendimentos contra 56 no mesmo período de 2017, quando a iniciativa ainda não existia. “Com este acordo estamos aumentando a resolutividade. Isso nos dá a chance de poder atender o cliente o quanto antes e resolver a demanda diretamente, sem precisar envolver um terceiro órgão. Lideramos na região e mantemos a menor volumetria de reclamação”, disse o diretor de operações da NET, Diego Quevedo.

Também estavam presentes o gerente da Ouvidoria da NET, Felipe Takashi Yoshinaga; a coordenadora de clientes NET, Ana Cristina Fonte Lopes; a gerente de atendimento, Karen Kakuno; o secretário de Desenvolvimento Social, Flávio Jordão, e o coordenador do Procon-Santos, Rafael Quaresma.  

 

Como funciona

 

Quem é cliente da Claro Brasil e enfrenta algum problema, deve se dirigir ao guichê do Procon, no Poupatempo (Rua João Pessoa, 246, Centro). No local, basta solicitar o atendimento pelo Expressinho. Um funcionário fornecerá formulário com um número de protocolo para atendimento. No caso dos clientes da NET, o consumidor pega esse documento e o apresenta na loja da Rua Marechal Pego Júnior, 109, Vila Nova. Se for da Claro, será na loja da empresa no Shopping Praiamar (Rua Alexandre Martins, 80, Aparecida).

O consumidor receberá encaminhamento específico com o número do protocolo, data de abertura e prazo para resolução, além das informações com os endereços e horários de atendimento. “O programa é mais uma alternativa disponibilizada ao consumidor e todos ganham pela agilidade, praticidade e economia. Em números vemos isso”, destacou Quaresma, explicando que o programa elimina o envio da CIP e até as possíveis audiências de conciliação. Além da NET/Claro/Embratel, o banco Itaú também presta serviço nesta linha em parceria com a Prefeitura, com o programa Pretensão Resistida.

 

Foto: Isabela Carrari

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.