Conteúdo

Novo Museu do Surf começa a ser erguido em julho

26 de junho de 2018
16h 33

A reconstrução do Museu do Surf deve começar em julho. É uma das quatro obras na área de esportes programada para o próximo semestre. As outras são a reforma da Torre de Jurados e o revestimento cerâmico da fachada dos ginásios do Complexo M. Nascimento, com início previsto também para julho. E a reforma do Posto 3, para abrigar a primeira escola pública inclusiva de surf.

O projeto do novo museu no Parque Roberto Mário Santini é do arquiteto Ruy Ohtake. Mais moderno e acessível, será executado em estrutura metálica com tratamento especial para resistência à corrosão e intempéries, com vidros temperados nas portas e fechamentos. E a área ao redor do edifício ganhará reurbanização.

Com um pavimento e 450 m² de área construída, terá acessibilidade garantida por piso tátil de alerta e placas informativas em sistema braile. Vai dispor de salão para exposição, auditório, sala Picuruta Salazar, sala Cisco Araña, sala Osmar Gonçalves, salas de Arquivo, depósito, copa e sanitários para portadores de necessidades especiais, além de um conjunto de climatização. 

 

DADETUR

 

A obra será custeada com recursos do Governo do Estado, por meio de convênio firmado com o Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur). Os serviços deverão ser executados em um ano, sob a supervisão da pasta de Infraestrutura e Edificações.

A construtora RJC Sinalização Urbana Ltda. foi a vencedora da concorrência aberta para definir a empresa responsável pela obra. Apresentou o preço de R$ 1.394.147,92, incluindo material, mão de obra e equipamentos. O valor é 30% abaixo do estimado, de R$ 1.995.524,87. Segue-se fase empenho e assinatura de contrato para que a ordem de serviço seja emitida em julho.

 

Foto: Marcelo Martins

 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.