Conteúdo

Nova base do Samu é inaugurada em bairro de Santos

11 de julho de 2019
16h 19
Ambulância do Samu na entrada do complexo Rebouças. #Pracegover

O bairro Ponta da Praia ganhou uma base do Samu na manhã desta quinta-feira (11). O local, que contará com ambulância de suporte básico, condutor e técnico de enfermagem 24 horas, fica dentro do Complexo Esportivo Rebouças (Praça Engenheiro José Rebouças s/nº).

A localização estratégica da nova base, com várias possibilidades de trajeto, permitirá mais agilidade no atendimento aos chamados nos bairros Ponta da Praia, Estuário, Macuco e parte da Aparecida. 

O prefeito Paulo Alexandre Barbosa lembra que o Ministério da Saúde recomenda que os municípios disponham de uma ambulância a cada 100 mil habitantes. Santos, com população estimada pelo IBGE em pouco mais de 400 mil pessoas, possui 17 veículos desse tipo - 12 locadas e 5 próprias.

O Samu realiza cerca de 4,8 mil atendimentos por mês, sendo aproximadamente 340 na Ponta da Praia. 

"A Zona Leste de Santos estará em breve contemplada com três bases do Samu: esta, no Rebouças, e as bases que serão instaladas na futura UPA da Zona Leste e na Ilha Criativa (Avenida Bartolomeu de Gusmão em frente à Avenida Conselheiro Nébias)", destaca Luiz Carlos Spíndola, coordenador do Samu de Santos.

 

Outras bases do Samu

  • Rádio Clube (Praça Jerônimo La Terza s/nº)
  • Nova Cintra (Av. Santista, 1.308)
  • Caruara (Rua Andrade Soares s/nº)
  • São Manoel (Praça Nicolau Geraigire s/nº)
  • Encruzilhada (Rua Barão de Paranapiacaba, 241)
  • Hospital de Pequeno Porte (Av. Cláudio Luiz da Costa, 280)
  • Castelinho (Rua Andrade Neves, 14 - Vila Nova)
  • Complexo Hospitalar da Zona Noroeste (R. Agamenon Magalhães s/nº)
  •  

Quando acionar o Samu (telefone 192 – chamada gratuita)

  • Problemas cardiorrespiratórios
  • Situações de intoxicação (produtos químicos, veneno, medicação)
  • Queimaduras graves
  • Afogamentos (em conjunto com o Corpo de Bombeiros – 193)
  • Na ocorrência de maus-tratos (em conjunto com a Polícia Militar - 190)
  • Trabalhos de parto com risco de morte da mãe e do feto
  • Crises hipertensivas
  • Acidentes/trauma com vítimas (em conjunto com Bombeiros – 193)
  • Tentativa de suicídio (em conjunto com PM – 190 ou Bombeiros - 193)
  • Surtos psiquiátricos (em alguns casos, em conjunto com PM – 190)
  • Violência sexual/ agressão (em conjunto com PM – 190)
  • Choque elétrico (em conjunto com Bombeiros – 193)
  • Acidentes com produtos perigosos (com Bombeiros – 193)

 

ORIENTAÇÕES

 

  • Em caso de acidentes com traumas, deve-se deixar a vítima como foi encontrada e acionar o Samu, procurando isolar o local.
  • É preciso manter a calma para passar os dados ou pedir para alguém mais próximo, em condições equilibradas, para transmitir as informações.
  • Não passar trotes.