Conteúdo

Mulheres acolhidas na Casa das Anas sonham voltar a trabalhar

8 de janeiro de 2016
14h 46

É comum, no início do ano, as pessoas estarem empenhadas em cumprir as promessas de melhorias de vida feitas no Réveillon. Isso também acontece com as mulheres acolhidas na Casa das Anas. São 10 mulheres atendidas que alimentam o sonho de voltar a trabalhar, deixar o abrigo e levar uma vida comum.

A Casa das Anas é um serviço da Prefeitura voltado para mulheres em situação de rua, com ou sem filhos.

Tânia Maria Teixeira Santos (foto), 37 anos, viveu quase um ano nas ruas de Santos, passou por abrigos públicos e desde outubro está na Casa das Anas. Ela se capacitou no Time do Emprego, fez o curso de camareira e vai começar a distribuir seu currículo profissional. “Eu quero voltar a trabalhar, pegar minha filha que está na (Casa) Vó Benedita e alugar uma casinha para nós”.

Maternidade

Izaura Barbosa de Souza, 24, está grávida de seis meses, mas seu plano é de, no segundo semestre, voltar a trabalhar e deixar o abrigo. Ela também fez o curso de camareira e deseja entrar no ramo da hotelaria.

Saiba mais

A Casa das Anas é um equipamento da Secretaria de Assistência Social, tem capacidade para 24 pessoas. Em dois anos de funcionamento 44 famílias passaram pelo local, sendo que 19 foram reinseridas na sociedade.

Foto: Marcelo Martins

Conteudo do Portal de Assistência

Para ver todas as novidades sobre "Casa Das Anas" visite o Portal Assistência

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.