Conteúdo

‘Memórias em Rede’ leva alunos para aula de youtuber. Confira vídeo

28 de novembro de 2018
18h 43

Em um estúdio para gravação de vídeos, com um fundo verde, a aluna Isabel Cunico de Assis, 13 anos, apresenta, no canal das ‘boas notícias’, uma importante informação: a erradicação das palafitas de Santos. A manchete ainda não é real, mas a proposta de noticiar fatos positivos revelou o seu desejo de transformar realidades. Ela é uma das integrantes do projeto Memórias em Rede, que nesta quarta-feira (28) participaram da primeira de uma série de três oficinas de Youtuber e Edição de Vídeos, ofertadas gratuitamente pela Escola SuperGeeks de Santos, localizada na Ponta da Praia.

Trata-se da primeira atividade externa do grupo, formado por cerca de 30 estudantes das escolas Mário de Almeida Alcântara (Valongo) e Avelino da Paz Vieira (Vila Nova), que aprenderam sobre planos de fundo, enquadramento e como se portar diante das câmeras.

Na prática, gravaram o noticiário em duplas e editaram o material com a orientação dos profissionais da área de tecnologia Murilo dos Anjos Jasmin e Rafael Lagrange, da Geeks, e da youtuber Andressa Brandão. Todo o conteúdo da oficina foi desenvolvido pelo editor de vídeo do grupo Jovem Nerd, Anderson Gaveta, também criador da Gaveta Filmes.

O treinamento tem um propósito: em próxima etapa do projeto, eles serão repórteres em busca de histórias particulares de cidadãos comuns que revelem sua afetividade pela Cidade. “Agora, quando a gente for fazer nosso jornal e nossos vídeos, saberemos mais como montar. Está sendo uma experiência maravilhosa”, disse Isabel, que estuda na escola Avelino.

Seu colega de escola, Luigui Petrini Costa Alves, 13, considerou “uma oportunidade para meus amigos e para mim. No futuro, quero ser um grande youtuber, fora que vai ajudar a gente a fazer as gravações do projeto”. Samantha Gomes de Souza, 12, da escola Mário, também curtiu. “Foi bem legal, é uma coisa que me interesso e que quero ter conhecimento. A gente vai saber mais para criar algo impactante no projeto”.

A oficina é resultado de uma parceria do Instituto Devir Educom, realizador do Memórias em Rede, com a Escola SuperGeeks. “Queremos contribuir com o projeto para que esses alunos aprendam e façam um bom trabalho. Sabemos que a maioria não teria condições financeiras de fazer um curso de youtuber, então estamos felizes em proporcionar isso a eles”, afirma a diretora da SuperGeeks, Ivelise Santos Lopes.

EDUCOMUNICAÇÃO

A iniciativa contempla alunos entre 11 e 13 anos das duas escolas e é conduzida pelos princípios da Educomunicação e apoiada nos recursos da comunicação e da tecnologia, com o objetivo de promover o protagonismo de jovens e a troca de conhecimento entre gerações.

O intuito é revelar, a toda sociedade santista, a história não-oficial dos lugares de Santos como ruas, praças, esquinas e edificações que tenham valor afetivo ao morador, significando e ressignificando o espaço público, além de desenvolver o sentido de pertencimento por onde esses alunos e moradores vivem.

As ações transcorrem na transdisciplinaridade, acompanhando o currículo escolar. Ao longo do processo, eles construirão páginas nas redes sociais com suas produções multimídias. Tudo resultará em um livro digital interativo feito de forma colaborativa e que ficará disponível à rede municipal de ensino. Além da Geeks, o projeto conta com a parceria da Associação de Pais e Mestres (APM) das duas escolas e do Museu da Pessoa, de São Paulo. Apoio: Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação (ABPEducom).

Fotos: Susan Hortas 

Galeria de Imagens

dois alunos estão sentados em mesa e são gravados por câmeras #pracegover
aluno joga videgame observado por colegas #pracegover
dois alunos estão em imagem de câmera #pracegover

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.