Hora da Cultura leva a alegria do circo à UME Colégio Santista

9 de agosto de 2018
18h 00

A magia do circo tomou conta da UME Colégio Santista, na Vila Nova, na tarde desta quinta (9), em mais uma atividade do projeto Hora da Cultura, que reuniu mais de 100 alunos com idades entre 3 e 10 anos. A apresentação ficou a cargo do ator Sidney Herzog, do grupo Porto Circense, encarnando um habilidoso palhaço, capaz de fazer equilibrismo até com uma escova de dente.

As crianças participaram cantando, batendo palmas e ajudando o palhaço em seus números de mágica. Aliás, esta foi a parte foi preferida da estudante Gabriele Lima, de 9 anos. “Não consegui descobrir como ele fez aquilo, mas foi bem legal”, contou a menina, que revelou o desejo de aprender a arte circense.

A coordenadora pedagógica, Cristiane Vasques de Paula, aprovou a chegada do Hora da Cultura à rotina escolar. “Cerca de 900 crianças estudam aqui e muitas delas não têm a chance de assistir a um espetáculo de circo. A proposta do projeto casa com a proposta da escola, que acredita que também é possível aprender brincando”.

MAIS ESCOLAS

Pela manhã, mais de 120 alunos da escola José Bonifácio, na Vila Nova, conferiram o longa de animação As Aventuras de Azur e Asmar. Logo após a exibição, os estudantes bateram papo com o jornalista André Azenha. As atividades do projeto Hora da Cultura prosseguem nesta sexta-feira (10), com a exibição do longa-metragem Bom de Bico, a partir das 8h, na Gota de Leite (Av. Conselheiro Nébias, 388, na Encruzilhada).

Na parte da tarde, os alunos da escola Padre Waldemar Valle Martins (Rua Vinte e Oito de Setembro, 191, no Macuco) vão conferir apresentação circense.

PROJETO

Lançando na última terça (7), o projeto Hora da Cultura é uma realização da Secretaria de Cultura (Secult) em parceria com a Secretaria de Educação (Seduc). A ação tem objetivo formar novas plateias, oferecendo a estudantes, professores e funcionários das escolas municipais a oportunidade de criar um olhar artístico e identificar suas raízes culturais.

Até novembro, 10 mil estudantes da rede municipal de ensino vão assistir a apresentações de circo, música, dança e contação de história dentro das escolas, além de acompanhar espetáculos no Teatro Guarany, encenados e dirigidos por alunos e professores da Escola de Artes Cênicas Wilson Geraldo, mantida pela Secult.

Fotos: Raimundo Rosa 

Galeria de Imagens

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.