Conteúdo

Fundo Social recebe cadeiras de rodas e camas hospitalares de projeto de arte

8 de agosto de 2018
16h 02

Dez cadeiras de rodas e duas camas hospitalares foram arrecadadas para o Fundo Social de Solidariedade (FSS), como resultado da mostra ‘Quando uma bola vira arte’, projeto realizado em julho durante a Copa do Mundo 2018, em uma parceria entre Prefeitura, Club Design e Santos Futebol Clube.

Nesta quarta-feira (8), os 53 artistas participantes, entre profissionais de design, arquitetura e artes, receberam certificado na sede do FSS. Eles criaram 42 bolas customizadas (ball.art) transformadas em objetos artísticos, que ficaram expostas no Memorial das Conquistas e em lojas associadas ao Club Design, homenageando jogadores, profissionais do futebol e dirigentes como Pelé, Robinho, Ganso, o presidente José Carlos Peres, entre outros.

“Esses profissionais emprestaram seu talento pela causa, mostrando muita criatividade. Várias pessoas fizeram suas doações e muitos homenageados compraram as bolas”, disse o presidente do Club Design, Sérgio Bonito.

PARCERIA

O prefeito Paulo Alexandre Barbosa destacou as parcerias e ressaltou que Santos é uma das oito cidades brasileiras integrantes da rede de Cidades Criativas da Unesco. “São parcerias como essa que nos fazem avançar nas políticas públicas. A renda da arrecadação nos possibilita atender as pessoas que mais precisam”.

Entre os participantes está a arquiteta Rita Carrasco, 57 anos. Ela homenageou o jogador Léo em sua bola. “Com a nossa criatividade, poderemos ajudar quem precisa”.

Os equipamentos ficarão disponíveis no Fundo Social para empréstimo. Em Santos pela primeira vez, o projeto ball.art, com curadoria de Alvaro Guillermo e Meire Vibiano, teve como objetivo chamar a atenção por meio da arte e do futebol para as questões sociais. A iniciativa já ocorre em algumas cidades de São Paulo.

Foto: Susan Hortas

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.