Conteúdo

Filme ‘Santos: o berço da tatuagem no Brasil’ terá estreia gratuita

9 de junho de 2019
11h 40

Você sabia que a tatuagem começou em Santos, em 1959, com o marinheiro dinamarquês Knud Harald Lykke Gregersen, o Lucky Tattoo, e depois se espalhou para todo o País?

Recheado de curiosidades e depoimentos de grandes nomes dessa arte, o documentário ‘Santos: O Berço da Tatuagem no Brasil’ estreia nesta terça (11), às 21h, em sessão gratuita no Roxy 5 (Av. Ana Costa, 443, Gonzaga). A entrada será por ordem de chegada e o público ainda poderá apreciar o pocket show da Banda Trevo, ao lado do Cine Café.

O filme dirigido por Celso Bernardes, com 45 minutos de duração, aborda a chegada do marinheiro a Santos, em 20 de julho, trazendo ao Brasil a primeira máquina elétrica de tatuagem. “É uma verdadeira homenagem à tatuagem brasileira e a Santos, porta de entrada para um setor que hoje movimenta milhares de pessoas, gera empregos e marca histórias”, comentou o diretor.

PIONEIRISMO

Primeiro tatuador profissional do país, além de desenhista e pintor, Lucky Tattoo estabeleceu-se primeiro na Rua João Otávio e depois mudou para a General Câmara o estúdio, em cuja fachada instalou placa com os dizeres ‘It's not a saylor if he hasn't a tattoo’ (“Não é um marinheiro se não tiver uma tatuagem”).

Ele tornou-se conhecido no Brasil no final dos anos 1970, quando tatuou surfistas como Petit, um dos chamados ‘meninos do Rio’, eternizados na música de Caetano Veloso. O documentário reúne ainda depoimentos de Malu, responsável pela primeira convenção para mulheres tatuadoras no Brasil, cantor Evandro Mesquita e de grandes nomes da área.

Lucky morou em São Paulo por 20 anos, casou-se com uma brasileira com quem teve um casal de filhos, e depois se mudou para Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro, onde faleceu em 1983, com 55 anos, vítima de um ataque cardíaco.

FESTIVAL

O lançamento do documentário abre os preparativos para o I Santos Tattoo Festival Internacional, a ser realizado de 21 a 23 deste mês, no Mendes Convention Center (Av. Gal. Francisco Glicério, 206, Campo Grande).

O evento, que marca os 60 anos da tatuagem profissional no Brasil, reunirá mais de 400 artistas nacionais e internacionais, de países como Canadá, Estados Unidos, México, Argentina, Chile, Uruguai e Colômbia. Nos 200 estandes, será possível conhecer equipamentos, novas técnicas e até fazer sua nova tatuagem. O festival também realizará competição com 19 categorias.

Foto: divulgação

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.