Conteúdo

Feriadão supera expectativas e garante 83% de ocupação na rede hoteleira

22 de novembro de 2018
14h 45

A taxa média de ocupação da rede hoteleira santista alcançou 83% durante o feriadão, superando em quatro pontos a estimativa inicial de 17 hotéis (1.965 apartamentos), de acordo com levantamentos da Secretaria de Turismo.

Esse índice foi registrado de 15 a 18, enquanto a média dos seis dias (15 a 20) foi de 70,5%, uma vez que o tempo instável registrado segunda e terça fez a média de ocupação baixar para 58% - de qualquer forma, o índice foi 7,4% superior à previsão inicial. 

“Os hotéis comemoraram o resultado do feriadão, que mostra uma recuperação do setor, com índices em contínua elevação, mesmo com a inauguração de novos estabelecimentos”, afirmou o secretário de Turismo Odair Gonzalez.

Já o Sistema Anchieta-Imigrantes acusou aumento de 60,8% em relação ao total de veículos inicialmente previsto pela Ecovias para o feriadão: dos 94 mil estimados, os números fecharam em 152.017, o que representa cerca de 400 mil visitantes nos seis dias. A previsão era de pelo menos 315 mil carros em direção à Costa da Mata Atlântica e a totalização da concessionária acusou 506.724 entre os dias 15 e 20.

 

EQUIPAMENTOS

Com 15.835 visitantes nos seis dias do feriadão, o Aquário liderou a preferência do público, ficando na sequência o Museu do Café (9.409 pessoas), Orquidário (3.711), Linha Turística do Bonde (2.456) e Pinacoteca Benedicto Calixto (1.707).

O Museu Pelé recebeu 1.271 visitantes durante o feriadão; Memorial das Conquistas do Santos Futebol Clube, 1.230; Complexo Turístico do Monte Serrat, 888, e o Pantheon dos Andradas, 141. O Museu de Pesca não informou o movimento.

Os postos de Informações Turísticas (PIT) do Aquário e do Museu Pelé registraram maior demanda, atendendo 58 visitantes cada. Já o PIT do Gonzaga acusou 46 atendimentos, o da Rodoviária, 26, e o do Orquidário, 19. O Disk Tour 0800-173887 registrou sete ligações.

 

Foto: Isabela Carrari/arquivo