Conteúdo

Em 20 dias, cerca de 150 toneladas de lixo são retiradas do Rio Furado

29 de janeiro de 2019
16h 22
Homens uniformizados separam lixo que já secou após remoção do rio. Há muito material amontoado à direito e sacos pretos já cheios à esquerda para serem retirados do  local. #Pracegover

Pedaços de madeira, todo tipo de embalagens e outros resíduos descartados incorretamente formam uma crosta de lixo sobre o Rio Furado, que vem sendo recolhida pela Prefeitura há 20 dias. Até o momento, foram retiradas cerca 150 toneladas do trecho que fica na travessa Gemma Rabello, no bairro Alemoa. O trabalho de limpeza integra a Operação Cuidando de Santos.

“Apesar das sinalizações sobre o local ser área de preservação permanente e a proibição de descarte, o serviço periódico se faz necessário devido à falta de conscientização da população e para evitar os alagamentos”, ressalta o subprefeito da Zona Noroeste, Acácio Egas, responsável pela manutenção daquela região.  

São dez homens da Subprefeitura da Zona Noroeste, que atuam em revezamento das 7h às 17h, num trabalho totalmente manual que exige uso de luvas especiais e ferramenta própria para retirada de resíduos. Por dia, esses funcionários recolhem cerca de 7 toneladas.

Junto do lixo, à margem do rio Furado, estão moradias de alvenaria e vestígios de palafitas  desmontadas pela Prefeitura após a saída das famílias para o conjunto habitacional Caneleira 4. Quando se aproxima do rio é possível observar partes de cano, fraldas, absorventes, roupas, embalagens de bolo, garrafas PET e de vidro, grades de ferro, madeiras de tamanhos variados, caixas de ovos e até pneus de caminhão e de trator.

Todos esses detritos são recolhidos, reservados em local seco para escoamento da água e, quando estão em condições, 24h depois, são acondicionados em sacos de lixo e recolhidos pela Terracom para serem encaminhados ao aterro sanitário. O mesmo trabalho será realizado na Travessa São Jorge que fica do outro lado da margem do rio.

 

Foto: Susan Hortas

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.