Crianças e adolescentes têm participação e programação especial no Festival Santos Café

7 de julho de 2018
19h 44

A Bulevar da XV ganhou uma trilha sonora especial na manhã deste sábado (07), com a apresentação de alunos e professores da Escola de Choro e Cidadania Luizinho 7 Cordas. O grupo encantou o público com um repertório composto por dez canções, entre elas Proezas de Solón (Pixinguinha e Benedito Lacerda), Bicho Carpinteiro (Angelo Reale), As rosas não falam (Cartola), Pedacinho do Céu (Waldir Azevedo) e Carinhoso (Pixinguinha).

“Aqui despertamos o talento dos jovens e o gosto pela música. Eles têm a oportunidade de ter contato com grandes nomes do Choro. Temos ex-alunos que voltaram para dar aulas e também que começaram seu próprio grupo, como o Choro e Afins”, destacou o coordenador da escola, Luiz Fernando Costa Ortiz.

A escola, que funciona há sete anos, atende crianças e adolescentes de 9 a 17 anos gratuitamente. “Nosso programa pedagógico tem duração de três anos. Eles aprendem violão 7 cordas, violão 6 cordas, cavaquinho, bandolim, flauta doce, flauta transversal, clarinete e pandeiro. Os estudantes definem o instrumento que querem se aperfeiçoar só depois de passar por todos”, explicou o coordenador. Ano que vem abrirá nova turma.

Carolina Mattano, 37, seu marido Donizete Marques, 45, e a filha do casal, Maria Flor, 2, curtiram o som. “Gostamos muito de música e quando vimos que estava tendo a apresentação paramos para assistir”, disse Carolina. 

Thalia Isidoro, 20, também fez parte do público que aplaudiu o grupo. “Eu gosto bastante. Estudo flauta doce em São Paulo e faço parte da Orquestra do Guarujá”. Após a apresentação da Escola de Choro e Cidadania Luizinho 7 Cordas, o grupo Camerata Jovem Santista continuou o espetáculo musical.

 

Café com Leite: diversão para as crianças

O Festival Santos Café também agitou o público infantil com o espaço Café com Leite, que funciona dentro do Museu do Café (Rua XV de Novembro, 95). Crianças de até dez anos não ficaram paradas diante de tantas opções de brincadeiras.

Jogos de tabuleiro, fantoches, fantasias, teatrinho, peças de encaixar, pula-pula, piscina de bolinhas e até um cafezalzinho compõem o grande salão. “Importante destacar que pais ou responsáveis precisam permanecer no espaço com as crianças”, explicou Sarah Ferreira Machado. Ela e Denise Guerra são as monitoras responsáveis pelo local.

Maria Cláudia Rodrigues Corrêa, 36, aproveitou para levar seus filhos Maria Clara, 4 meses, e Murilo, 5, para brincar. “Acho interessantes locais como estes para integrar as crianças e fazer com que eles tenham boas memórias”. Ela também aproveitou a programação do festival para passear com os amigos do Paraná que vieram visitar a Cidade.

Ana Paula Queiroz, 42, e Vincenzo Perine, 41, estavam com o filho Gabriel, 4, e sobrinho Vinícius, 8, no espaço. “Os meninos gostam muito de brincar e se divertiram. Eles ainda querem tomar o café”.

O ‘Café com leite’ funciona até o dia 29 de julho, de quarta a domingo, das 11h às 17h. O valor de entrada do Museu é  R$10,00. Crianças até 5 anos não pagam e estudantes têm desconto de 50%.  

 

Foto: Raimundo Rosa

 

              

Galeria de Imagens

Close de menino tocando instrumento de corta em frente à partitura, em apresentação na rua. #Pracegover

Mulher mostra para criança como funciona a peneira do café. Apresentação é de forma lúdica, com os simulação dos grãos vermelhos sobre um pedaço de tecido. Ao fundo a simulação de um minicafezal. #Pracegover

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.