Conteúdo

Coordenadoria do Idoso realizou 13 ações em um ano

30 de julho de 2015
15h 41

A cada ação, um número maior de participantes; cada sucesso inspira outra iniciativa; e a ampliação da oferta de serviços mobiliza mais pessoas. Em um ano de existência, completados nesta sexta-feira (31), foram realizadas 13 atividades pela Coordenadoria de Políticas para a Pessoa Idosa, vinculada à Secretaria de Defesa da Cidadania (Secid).

As ações foram ligadas à área da saúde, de esportes, cultura e assistência social. Só a Semana do Idoso mobilizou cerca de 10 mil pessoas no ano passado.

O coordenador de Políticas para a Pessoa Idosa, Paulo Henrique Montenegro Lopes Ferreira, faz um balanço positivo. “O que é relevante no trabalho da coordenadoria é a articulação com todas as secretarias e o fato de pensar políticas unindo estes agentes”. A expectativa é de que a continuidade deste trabalho contribua para a sociedade ter um novo olhar sobre o envelhecimento.

“Acho isso inevitável, porque o próprio idoso mudou. Cada vez mais ele quer participar de cursos, oficinas, viajar, desfrutar a vida depois de trabalhar e criar os filhos”.

O que foi feito (de 2014 a junho de 2015):

• Encontro "Protagonismo e Empoderamento da Pessoa Idosa para um Brasil de Todas as Idades";

• Audiência pública para debater e receber sugestões sobre o atendimento nas instituições de longa permanência para idosos;

• Articulação para implantação do projeto Televida, da Secretaria de Saúde;

• Semana do Idoso 2014;

• Palestra sobre formas de preservar a memória;

• Torneio Regional de Gerovôlei;

• Lançamento da Cartilha Vida Plena;

• Participação nos Jogos Regionais do Idoso;

• Organização da IX Conferência Municipal do Idoso;

• Ciclo de palestras: Participação do Cuidador – Gente de Valor;

• Ampliação do programa Praia Acessível, criando o Praia Acessível Idoso;

• Festival de Vôleibol Adaptado Lila Covas;

• Enquete – Pesquisa com 100 idosos que participaram dos Jogos do Idoso para saber o perfil e o impacto do esporte na melhora das atividades de vida diária e na socialização;

• Viabilização do Fundo Municipal do Idoso.

Em andamento (até dezembro):

• Agosto – Criação do Comitê de Políticas para a Pessoa Idosa, composto pelo Conselho Municipal do Idoso, OAB e sociedade civil organizada, que vai dialogar com o Ministério Público para tratar de políticas para o idoso;

• Setembro – Assinatura do decreto Vida Plena - Politica Municipal de Atenção Integral a Pessoa idosa;

• Setembro – A Jornada do Idoso vai se estender de setembro a outubro, com atividades variadas;

• Festival de Culturas Corporais do Idoso – Ainda sem data definida, reunirá apresentações de danças, teatro e expressão corporal.

Acontecerão no futuro (2016):

• Reconhecimento – Santos espera receber do Governo do Estado o selo de Cidade Amiga do Idoso;

• Ciência I – Criação do Centro de Pesquisa do Envelhecimento, em parceria com universidades locais. A ideia é abrir os serviços públicos para pesquisas em medicina, serviço social, nutrição, terapia ocupacional, entre outros campos;

• Ciência II – Congresso internacional sobre envelhecimento em Santos, com palestras em geriatria e gerontologia;

• Espaço para idoso – Edificação de três pavimentos, no bairro Aparecida, que vai oferecer atividades físicas, culturais e sociais.

Foto: Raimundo Rosa

 

Conteudo do Portal de Assistência

Para ver todas as novidades sobre "Defesa Da Cidadania" visite o Portal Assistência

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.