Conteúdo

Conselho de Meio Ambiente e universitários esclarecem dúvidas sobre Nova Ponta da Praia

3 de abril de 2019
14h 33

As obras da Nova Ponta da Praia foram tema de mais duas audiências esta semana. A última foi realizada nesta quarta-feira (3), no Orquidário Municipal, para membros do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Condema).

Na oportunidade, foi detalhado o plano de plantio de árvores previsto no projeto. Segundo o presidente do conselho, Marcio Paulo, o tema voltará a ser discutido pelas câmaras técnicas de Qualidade Ambiental e de Legislação Ambiental do órgão.

Na segunda-feira (1), o encontro foi com alunos e professores dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e de Engenharia Civil da Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação (Esamc), no auditório da instituição.

Para o coordenador dos cursos, Renato de Marchi, a proximidade das obras com a instituição de ensino – também localizada na Ponta da Praia – representa uma oportunidade para os estudantes conhecerem na prática o que aprendem em sala de aula. “A ideia é mostrarmos essa realidade para que entendam os conceitos ensinados. Esse novo empreendimento é um exemplo bastante interessante”.

As reuniões foram comandadas pelo gestor do projeto, Glaucus Farinello. No Condema,  o encontro contou também com a presença do secretário de Meio Ambiente, Marcos Libório.

PROJETO

Outras audiências já contaram com a participação de moradores do bairro, esportistas, profissionais de turismo, estudantes da Universidade Paulista (Unip) e permissionários do Deck do Pescador e da Ponte Edgard Perdigão, além de vereadores.

O projeto inclui a construção de um novo Mercado de Peixes e do Centro de Atividades Turísticas (CAT), além de uma praça com espelho d’água, rampas náuticas e um mirante com vista para o mar. O Deck do Pescador e a Ponte Edgard Perdigão serão reformados e modernizados. Haverá ainda readequação de 2,45 quilômetros de vias, proporcionando maior fluidez ao tráfego próximo à travessia de balsas.

 

Foto: Francisco Arrais

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.