Conteúdo

Conferência do Idoso terá 56 propostas para análise

24 de fevereiro de 2019
12h 00

As 56 propostas para melhorar a qualidade de vida da população da terceira idade apresentadas nas cinco pré-conferências serão analisadas em 21 de março durante a 10ª Conferência Municipal da Pessoa Idosa. Sob o tema Os desafios de envelhecer no século 21 e o papel das políticas públicas, o evento acontecerá no teatro do Sesc-Santos (Aparecida), e será aberto a todos os interessados, com destaque para as questões de transporte e saúde, que representam 15 e 14 sugestões, respectivamente.

Na abertura, a coordenadora de Políticas para Pessoa Idosa de São Paulo, Sandra Regina Gomes, abordará o tema do evento em palestra; seguida pela discussão das propostas com os grupos de delegados eleitos nas pré-conferências. Os grupos serão divididos em quatro eixos temáticos: direitos fundamentais na construção/efetivação das políticas públicas (sub eixos: saúde, assistência social, previdência, moradia, transporte, cultura, esporte e lazer); educação: assegurando direitos e emancipação humana; enfrentamento da violação dos direitos da pessoa idosa; os conselhos de direitos: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas.

A deliberação com as diretrizes prioritárias acontecerá no período da tarde e o documento fará parte do relatório final do evento que será encaminhado posteriormente ao chefe do Executivo para auxiliar na tomada de decisão para políticas públicas para o idoso. No mesmo dia, também haverá eleição dos cinco novos delegados que defenderão as propostas selecionadas na conferência estadual prevista para agosto. Poderão ser encaminhadas 14 propostas de âmbito estadual, mais 14 de âmbito nacional e duas experiências exitosas que acontecem em Santos.