Conteúdo

Central informará deficientes auditivos sobre serviços

22 de dezembro de 2015
16h 15

Com objetivo de mais cidadania, segurança e conforto aos santistas com deficiência auditiva, a Prefeitura inaugurou na segunda (21) a Central de Interpretação de Libras. Inédito na Baixada Santista, o serviço foi viabilizado pela Secretaria de Defesa da Cidadania e o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Condefi), junto ao programa Viver Sem Limites, da Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Na central, a intenção é traduzir e esclarecer em Libras dúvidas referentes a serviços municipais, localização e outras possíveis demandas. O intérprete será um servidor estatutário, aprovado pelo primeiro concurso para contratação de profissional desse gênero, feito em 2013.

Segundo o coordenador de Políticas para a Pessoa com Deficiência, Eduardo Ravasini, como o trabalho é pioneiro, vai começar com uma equipe básica que será ampliada de acordo com a demanda. A central inclusiva funcionará no térreo do Paço Municipal, de segunda a sexta-feira, em horário comercial. Informações: 3201-5175.

Atendimento

O atendimento também será realizado em unidades de saúde, a partir da segunda quinzena de janeiro. A Secid já iniciou o processo de compra de seis tablets que ficarão instalados nesses locais. Um equipamento também permanecerá no Resolve Aqui (unidade recém-inaugurada pela Prefeitura que concentra serviços de cidadania).

O trabalho em prontos-socorros será feito online, através de videoconferência. A intérprete irá mediar a comunicação entre o portador e a atendente da unidade de saúde. Se for necessário poderá se estender até durante a consulta, com o próprio médico. Já nas policlínicas, a profissional poderá ir pessoalmente e prestar auxílio, mediante agendamento.

No Resolve Aqui também será utilizada a videoconferência.

Os tablets serão instalados nos seguintes locais: Centro de Saúde Martins Fontes (Rua Luíza Macuco, 40); Policlínica do Rádio Clube (Av. Hugo Maia s/nº); PS da Zona Leste (Praça Visconde de Ouro Preto s/nº); PS da Zona Noroeste (Av. Hugo Maia s/nº); UPA do Centro (Rua Joaquim Távora, 260); Resolve Aqui (Rua Amador Bueno, 249).

Depoimentos

“Uma ótima e importante iniciativa. Agora me sinto mais seguro” - José Amado Alves Pereira, vice-presidente do Condefi e portador de deficiência auditiva.

“Os deficientes auditivos precisam ser incluídos na sociedade e o trabalho da central vai ajudar muito nisso” - Maria de Lourdes Menezes, presidente da Associação Abrindo Fronteiras para a Inclusão.

Foto: Francisco Arrais

Conteudo do Portal de Assistência

Para ver todas as novidades sobre "Defesa Da Cidadania" visite o Portal Assistência

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.