Conteúdo

Assinados convênios para revitalizações no Coliseu e vias do Campo Grande

12 de dezembro de 2018
17h 24

O Teatro Coliseu passará por reforma no valor de R$ 6,3 milhões, recurso proveniente do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dadetur), do governo estadual. O convênio foi assinado nesta quarta-feira (12), na sede da Secretaria Estadual de Turismo, na Capital, junto com outro que contempla a remodelação de vias do Campo Grande.

A previsão é de que o edital para licitação do serviço seja publicado nas próximas semanas. Os trabalhos devem durar 12 meses.

As obras no equipamento cultural incluem a recuperação do telhado e de fachadas, portas e janelas, respeitando o projeto de restauro já aprovado e mantendo o padrão original do edifício. As paredes passarão por revisão geral e limpeza manual.

A reforma contempla também os muros do teatro e as calçadas ao entorno, que serão refeitas em concreto, com renivelamento à frente da entrada principal. O edifício ainda terá substituídos os para-raios, toda a iluminação cênica e o piso de madeira do palco.

A última reforma no teatro ocorreu em 2014, quando houve reparos no telhado e modernização dos sistemas elétrico e de refrigeração. Somente a partir dessas intervenções o prédio passou a possuir o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB).

CAMPO GRANDE

Com investimento total de R$ 6,2 milhões, incluindo convênio com o Dade e contrapartida de R$ 257 mil da Prefeitura, as intervenções em vias do bairro do Campo Grande vão contemplar as ruas Carlos Gomes, Pedro Américo e Espírito Santo. O edital de licitação para definição da empreiteira responsável pelo serviço será lançado no início de 2019.

Com prazo de oito meses de duração, as obras incluem aplicação de asfalto, remodelação de calçadas, instalação de iluminação de LED, construção de baias para ônibus, plantio de árvores e substituição de bocas de lobo.

INVESTIMENTOS

Durante a assinatura dos convênios, o prefeito Paulo Alexandre Barbosa falou da importância dos repasses. “São verbas fundamentais para a manutenção de um patrimônio histórico da Cidade e para a população do Campo Grande, com pavimentação, novas calçadas e outras melhorias”.

Confira os detalhes da obra no Campo Grande

  • Rua Carlos Gomes: 630,51 m³ de concreto asfáltico, 10 bocas de lobo, 1.080 m² de passeio em concreto, 31 árvores ornamentais e 2 baias de ônibus (em concreto armado)
  • Rua Pedro Américo: 557,67 m³ de concreto asfáltico, 22 bocas de lobo, 4.797 m² de passeio em concreto, 32 árvores ornamentais e instalação de 39 luminárias em LED
  • Rua Espírito Santo: 306,26 m³ de concreto asfáltico, 6 bocas de lobo, 4.390 m² de passeio em concreto, 11 árvores ornamentais e instalação de 23 luminárias em LED

Foto: Francisco Arrais