Conteúdo

Alunos ouvidores receberão orientações de cidadania da OAB-Santos

9 de abril de 2019
18h 24
Estudantes posam para foto segurando seus certificados de alunos ouvidores. #Pracegover

O Projeto Aluno Ouvidor estabeleceu nesta terça-feira (9) parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – subsecção Santos, que vai promover ações conjuntas voltadas à cidadania.

O termo de cooperação foi assinado durante a posse dos 52 novos alunos ouvidores, entre titulares e adjuntos, na sede da instituição.

Pelo convênio, alunos da rede municipal que fazem parte do Aluno Ouvidor receberão orientações através de palestras e poderão participar de projetos que a OAB oferece como o acompanhamento de sessões do Tribunal do Júri, e o OAB vai à Escola. 

A expectativa é de que a parceria torne os alunos mais conscientes em relação a direitos de cidadania, possam compartilhar seus conhecimentos na escola e na vida social e aprimorar a atuação como Alunos Ouvidores.

O prefeito Paulo Alexandre Barbosa, destacou a importância da participação do jovem na sociedade. “Vocês estão fazendo a sua parte para mudar o mundo. Não adianta só reclamar e criticar. São protagonistas de uma nova história”. 

O diretor adjunto de Cidadania e Ação Social da OAB, Gabriel Miceli de Carvalho, orientou os estudantes, antes da posse, sobre o papel da entidade, a promoção da defesa da cidadania e a responsabilidade de atuação como ouvidores. “Esta orientação será permanente. Vemos com bons olhos esta participação desde pequenos”.

 

OUVIDORIA NA ESCOLA

 

O papel do Aluno Ouvidor é escutar as reivindicações, sugestões e elogios da comunidade escolar e ser a Ouvidoria dentro da unidade. Para o ouvidor municipal Rivaldo Santos, “a nova parceria contribui para a melhoria das escolas e do papel do jovem como cidadão”. O Aluno Ouvidor está presente em 26 escolas municipais e, pela primeira vez, terá a participação da Educação de Jovens e Adultos. Criado há três anos, foi escolhido o melhor projeto na categoria Ampliação de Espaços e Canais de Participação Social, do 1º Concurso de Boas Práticas da Rede de Ouvidorias, promovido pelo Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU).

Participaram também da solenidade a secretária de Educação Cristina Barletta, o presidente da Câmara, Rui de Rosis, o presidente da OAB-Santos, Rodrigo Julião, e a vereadora Audrey Kleys, que destinou emenda parlamentar para o projeto.

 

Foto: Isabela Carrari