Conteúdo

Alunos Ouvidores debatem prioridades com representantes da Prefeitura de Santos

16 de maio de 2019
16h 28

Na manhã desta quinta-feira (16) as alunas ouvidoras Yandra Valente da Silva, 15, e Isabelle Santos da Silva, 14, da escola municipal Cidade de Santos (Embaré), participaram do encontro de mediação com representantes de diversos setores da Prefeitura. A reunião, realizada na própria escola, é uma ação da Ouvidoria, Transparência e Controle (OTC) em parceria com a Secretaria de Educação (Seduc). 

“Este é um espaço para a construção de soluções. Conversamos sobre as questões apresentadas pelo aluno ouvidor e discutimos alternativas, estabelecendo os prazos para a as respostas”, explicou o ouvidor municipal, Rivaldo Santos. Além dele, estavam presentes representantes dos departamentos administrativo, financeiro e de infraestrutura e pedagógico da Seduc, da Subprefeitura da Zona da Orla Intermediária e equipe gestora da escola. 

As estudantes apresentaram suas reivindicações quanto à merenda e infraestrutura da unidade. “Fiquei satisfeita com o encontro. Sei que é uma experiência que me ajudará no futuro”, disse Yandra. Isabelle também saiu feliz da reunião. “É uma contribuição para a escola e para os outros alunos”. As duas afirmaram que irão cobrar todas as promessas feitas na mediação.

 “Esta ação é muito importante porque dá voz aos alunos. Os ouvidores representam toda a escola”, destacou a diretora Joana Patrícia Costal. A ‘Cidade de Santos’ foi a segunda escola a receber a mediação neste ano. Na quarta-feira (15) foi a vez da escola Ayrton Senna e nesta sexta-feira (17) os alunos da ‘Edméa Ladevig’ serão ouvidos. As mediações continuam até o dia 14 de junho.

 

ALUNO OUVIDOR

 

O projeto tem o objetivo de escolher, por meio de eleição, alunos que exerçam a função de ouvidor. A finalidade é desenvolver o protagonismo juvenil entre os estudantes. O eleito tem a responsabilidade de ouvir os colegas, receber solicitações, reclamações e elogios, para posterior encaminhamento à Ouvidoria. 

 

Alunos votam no Orçamento Participativo

 

Nos períodos da manhã e tarde, os estudantes da unidade também participaram da votação da segunda fase do orçamento participativo. A ação, organizada também pela OTC, está sendo realizada nas unidades de ensino fundamental. 

De maneira on-line, utilizando os computadores da escola, os alunos puderam escolher dois itens dos cinco levantados como prioridades durante a primeira etapa do levantamento. Os assuntos integrarão o Plano de Prioridades e Necessidades da Lei Orçamentária 2020, conforme o decreto municipal nº 8.020/2018. 

Segundo a diretora Joana, a iniciativa faz com que os alunos parem para pensar sobre o que é necessário não só para eles, mas para toda a comunidade. “Analisam o que é essencial dentre diversos assuntos e o que terá mais impacto na vida do maior número de pessoas”. 

Gabriel Rodrigues, 15, gostou da votação. “Isso demonstra que estão preocupados em ouvir a opinião dos alunos”. Gabriel Luiz Pascoal, 13, também acredita que a iniciativa é importante. “Todos devem participar”. A ação segue até o final de junho.

 

COMUNIDADE

Todos os munícipes também podem votar e eleger suas prioridades para as escolas e para os bairros, por meio do SANTOS PORTAL  

 

 

Fotos: Rogério Bomfim

Galeria de Imagens

Foto tirada do alto mostra três alunos e respectivos laptops onde eles votam no Orçamento Participativo. #Pracegover
Estudantes definem prioridades dentro do Orçamento Participativo