Conteúdo

Alunos em férias terão atendimento pediátrico

8 de janeiro de 2019
18h 44

Os alunos que participam do Projeto Férias na escola Antônio de Oliveira Passos Sobrinho (Macuco) poderão passar por consultas de pediatria, a partir desta quarta-feira (9), com professores e estudantes do curso de Medicina da Unilus. A novidade foi divulgada aos pais durante reunião na tarde desta terça-feira (8), na unidade. 

O atendimento, resultado de parceria entre o Programa Saúde na Escola (PSE), coordenado pelas secretarias de Saúde e de Educação, e a universidade, beneficiará as crianças até 25 de janeiro, mediante agendamento realizado pela escola. Serão quatro consultas por dia, sempre às 14h, no centro de saúde universitário (Rua Vinte Oito de Setembro, 226, também no Macuco). 

O projeto já foi desenvolvido em 2017 com alunos da escola Padre Waldemar Valle Martins, no mesmo bairro, e, no segundo semestre do ano passado, com as crianças matriculadas na Antônio de Oliveira Passos Sobrinho. “Agora estamos estendendo para os participantes do Projeto Férias. Aqui temos alunos de outras unidades também. É uma grande oportunidade e o objetivo é unir a saúde e a educação, a fim de proporcionar o melhor atendimento para as crianças”, disse a coordenadora do programa pela secretaria de Educação, Mônica Crocce. A secretária adjunta de educação, Cristina Fernandes dos Santos Soares, ressaltou a parceria e lembrou da importância de comparecer às consultas. “É necessário ter compromisso e aproveitar este projeto. Caso não seja possível ir ao atendimento, os pais precisam avisar a direção da escola”. 

Segundo a coordenadora do programa pela secretaria de Saúde, Ercilla Wiggert, cada aluno passará por atendimento pediátrico completo, e será encaminhado a um especialista da universidade ou da rede pública, caso necessário. “É importante que todos que passem pelas consultas tenham o cartão do SUS e cadastro na policlínica. Além disso, os pais precisam levar o cartão de vacinação na data do atendimento”, destacou.

“Estamos cuidando deste projeto com muito carinho para oferecer um atendimento de qualidade, em um bom ambiente para pais e crianças”, afirmou a professora de pediatria da universidade, a médica Fernanda Miranda Fumelli Monti. Ela e a coordenadora da disciplina, Vera Rullo, conversaram com as famílias e esclareceram as dúvidas. As consultas serão realizadas por cerca de 100 universitários do quinto ano de Medicina, acompanhados por seus professores.

 

SATISFAÇÃO

Mãe da pequena Maitê, de quase dois anos, Camila Marques, 30, aprovou a iniciativa. “Ia marcar a pediatra para a minha filha, mas agora já vou agendar uma consulta na universidade”. Josiane Martins, 38, é mãe de Isabella, 5, e também comemorou. “O importante é que, se for detectado algum problema, as crianças serão encaminhadas ao especialista”.

 

Foto: Raimundo Rosa