Conteúdo

Agenda Cultural

18 de julho de 2018
17h 58

CINEMA

 

120 Batimentos por Minuto

Drama dirigido por Robin Campillo, 120 Batimentos por Minuto enfoca o trabalho da organização Aids Coalition to Unleash Power, a ACT UP, grupo que nasceu em 1987, em Nova York, e hoje está presente em todo o planeta. Sua atuação é em prol de melhorias na qualidade de vida de pessoas soropositivas, com representação nos campos legislativo, científico e social. O longa mostra o grupo que formou a organização lutando pela própria vida, em 1990, na França. O roteiro é centrado na história de admiração e amizade entre Nathan (Arnaud Valois) e Sean (Nahuel Pérez Biscayart) que, apesar de ter estado de saúde delicado, se dedica inteiramente à luta pelos direitos dos portadores do vírus HIV. O filme fica em cartaz desta quinta-feira (19) ao próximo dia 25, com sessões às 16h, 18h30 e 21h. Cine Arte Posto 4 – Sala Rubens Ewald Filho. Praia do Gonzaga, próximo ao canal 3. Ingressos custam R$ 1,50 e R$ 3,00 Classificação: 16 anos. Informações: tel. 3288-4009.

Liza Minnelli

O musical Cabaret dá início ao ciclo Liza Minnelli no Cine BV, projeto do coral cênico Broadway Voices. A produção se passa na Berlim de 1933, onde uma cantora americana se transforma em atração no Kit Kat Club. Sua vida, carreira e amores se desenvolvem paralelamente à ascensão do nazismo, enquanto ela se envolve ao mesmo tempo com um professor de inglês e um nobre alemão. A direção é de Bob Fosse e o elenco traz nomes como Joel Grey, Michael York e Marisa Berenson, além de Liza. Sexta-feira (20). 15h30. Museu da Imagem e do Som (Miss). Piso térreo do Centro de Cultura Patrícia Galvão. Av. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias. Entrada gratuita.

Marcel Rodrigues Paes

Com produção de alunos da Universidade São Judas – Campus Unimonte, o documentário Marcel, aborda a vida e carreira do jornalista Marcel Rodrigues Paes, que teve seu nome eternizado no equipamento devido a seu trabalho e dedicação aos quadrinhos. Sábado (21). 17h. Gibiteca Municipal Marcel Rodrigues Paes. Posto 5, orla do Boqueirão. Entrada gratuita.

Oscar Romero

Dirigido por John Duigan, o filme Romero conta a história do arcebispo Oscar Romero, que enfrentou um regime militar em prol do povo. O longa-metragem é ambientado em El Salvador, às vésperas das eleições presidenciais de 1977, e aborda a crescente tensão política, a enorme miséria e as reivindicações da população por melhorias. É nesse clima que, apoiado pelas forças governamentais, um general é eleito presidente. Pouco depois, Oscar Romero é nomeado arcebispo de San Salvador. Os conflitos se acirram e a violência se alastra. Inconformado com os acontecimentos, dom Romero enfrenta o regime militar e empreende uma árdua batalha em defesa dos direitos humanos e contra a injustiça no país. Sábado (21). 20h. Cinemateca de Santos. Rua Ministro Xavier de Toledo, 42, Campo Grande. Outras informações pelo telefone 3251-1613. Apoio: locadora Vídeo Paradiso e Secretaria Municipal de Cultura.

O Bom Pastor

Exibindo clássicos comentados por Marcelo Pestana e Carlos Cirne, o Oscar no Miss reúne grandes obras do cinema. O projeto traz o filme Farrapo Humano, que faturou quatro estatuetas na premiação da academia em 1946 (Melhor Filme, Ator, Diretor e Roteiro). Com direção de Billy Wilder e atuações de Ray Milland, Jane Wyman, Phillip Terry, Howard Da Silva e Doris Dowling, o longa aborda os devastadores efeitos do alcoolismo. Don Birman, protagonista do drama, sonha em ser escritor, mas não consegue seu objetivo por estar sofrendo um bloqueio mental. Deixa-se dominar completamente pelo álcool e passa a ter, como única meta, obter dinheiro para continuar se embriagando. A namorada, Helen St. James, editora de uma revista, quer ajudá-lo, mas ele bebe cada vez mais. Dia 24. 18h30. Museu da Imagem e do Som de Santos. Centro de Cultura Patrícia Galvão. Av. Senador Pinheiro Machado, 48, térreo, Vila Mathias. Entrada gratuita.

 

TEATRO

 

La Izquierda Jamás Será Derecha  

Espetáculo de Luiz Thomas, La Izquierda Jamás Será Derecha se passa na Ilha de Carambolas, que está em comemoração pelos 20 anos da revolução socialista e democrática. Membros da Juventude Socialista, Liga da Libertação Feminista e a Guarda Nacional preparam uma grande festa para o Comandante da Ilha. Interesses, luxúria e total falta de modernidade levam os habitantes da ilha a diversos momentos de muito humor. Uma divertida sátira ao socialismo. Sessões nesta quarta (18) e quinta-feira (19), às 21h. Teatro Municipal Braz Cubas. Centro de Cultura Patrícia Galvão. Av. Pinheiro Machado, 48, 2º piso, Vila Mathias.  Os ingressos, à venda aqui, custam R$ 10,00 e R$ 20,00. Vendas também no Quiosque da Compre Ingressos (3º piso do Miramar Shopping) e com o elenco da peça. Ingressos na bilheteria somente nos dias das apresentações. Classificação: 14 anos.

Desconcerto

O espetáculo Desconcerto é um solo de clown, concebido e representado pela atriz Alexa Kiany, que trabalha dentro da lógica do erro, do desencaixe e do ridículo para envolver a plateia na atmosfera do riso. Sessões neste sábado (21) e no próximo dia 28, às 17h. Pinacoteca Benedicto Calixto. Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, Boqueirão. Entrada gratuita. 

Humor de Férias

Humor de Férias traz Rodrigo Marques (A Culpa é do Cabral do Comedy Central), Diogo Portugal (Risadaria) e Marcelo Marrom (Prêmio Multishow de Humor) em um show de stand-up comedy que mistura parte de suas performances solo. Sábado (21). 21h. Teatro Coliseu. Rua Amador Bueno, 237, Centro Histórico. Os ingressos, à venda aqui, custam de R$ 35,00 a R$ 80,00. As vendas ocorrem no site http://www.diverteingressos.com

Masha e o Urso

Inspirada em um conto de fadas do folclore russo, Masha e o Urso mostra o cotidiano de uma pequena menina travessa que vive em meio a uma floresta. Constantemente, a pequena visita seu amigo urso, que mora numa casa do bosque e age como uma figura responsável, que tem que suportar as travessuras da menina. Domingo (22). 15h. Teatro Coliseu. Rua Amador Bueno, 237, Centro Histórico. Os ingressos, à venda aqui, custam entre R$ 25,00 e R$ 80,00

Nós

Montada pela Meraki Cia. Teatral, Nós fala sobre os sentimentos entre dois meninos, o desejo de liberdade e o escravismo que os prende a valores sociais. O espetáculo faz uma analogia entre o pequeno vilarejo em que moram e a imensidão do mar. Domingo (22). 19h. Teatro Guarany. Praça dos Andradas, 100, Centro Histórico. As entradas custam R$ 15,00 (meia) e R$ 30,00. 

Violetas na Janela

Sucesso há 20 anos, Violetas na Janela retorna a Santos. Adaptação do livro homônimo de Vera Lúcia Marinzeck pela atriz Ana Rosa – que também dirige e estrela o espetáculo ao lado do ator Guilherme Correa -, a peça conta a história de Patrícia, uma jovem que, após a morte, acorda em uma colônia espiritual. Tudo com uma leveza e toques de humor que se encarregam de dar tom ao espetáculo, com vinte atores que se revezam em cena. Sessões dias 28, às 21h, e 29, às 20h. Teatro Municipal Braz Cubas. Centro de Cultura Patrícia Galvão. Av. Pinheiro Machado, 48, 2º piso, Vila Mathias. Os ingressos, à venda aqui, custam entre R$ 35,00 e R$ 80,00.

MÚSICA

 

A Casa de Deus

O álbum a Casa de Deus, novo disco de Henrique Oliveira, traz mensagens sobre glória de Deus. O show do artista também marca da estreia do novo single, intitulado Não Permitirei. Sábado (21). 19h. Teatro Guarany. Praça dos Andradas, 100, Centro Histórico. O ingresso custa R$ 10,00. 

Rosa de Saron

Considerada a maior banda do cenário do rock católico no País, a Rosa de Saron traz a turnê de seu novo álbum, Gran Paradiso, à Cidade. Depois de dois discos acústicos gravados ao vivo, o grupo retorna ao estúdio e grava 12 canções com mensagens de fé, amor e esperança, que mesclam a sonoridade característica do Rosa de Saron com elementos da música eletrônica e do pop contemporâneo. Dia 28. 19h. Teatro Coliseu. Rua Amador Bueno, 237, Centro Histórico. 


EXPOSIÇÕES

 

Exposição une contrastes entre cenários urbanos e figurativos

A união contrastante das obras dos artistas André Lombardi e Paolo Alfred Donik pode ser conferida na exposição Arte – Conceito Urbano/Conceito Figurativo. A pintura de Lombardi tem aspecto mais concreto e lança o olhar sobre as cenas da metrópole paulistana. Já as obras de Donik possuem expressão poética, nas quais as cenas têm figuras femininas no primeiro plano. Galeria de Arte Nelson Penteado de Andrade. Piso térreo da Prodesan, na Praça dos Expedicionários, 10, no Gonzaga. A mostra pode ser vista até o dia 27, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Entrada é gratuita.

 

Retratos da Vila Mathias

A exposição Retratos da Vila Mathias, do fotógrafo Tom Leal, reúne imagens da arquitetura marcante e de personagens do bairro santista. Para Tom, a Vila Mathias é marcada por uma arquitetura singular, com seus sobrados e construções baixas, a maioria erguida em meados do século 20. Além disso, seus personagens são tão diversos quanto curiosos, e sua história rica em acontecimentos que a diferenciam dos demais bairros de Santos. Foi observando esses detalhes que o fotógrafo decidiu criar um ensaio que reúne 29 imagens capturadas pelo seu smartphone. Até 29 de julho, de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h, na Galeria de Arte Patrícia Galvão. Av. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias. Entrada é gratuita.

 

Craques da Copa

A Gibiteca Marcel Rodrigues Paes entrou no clima da Copa do Mundo de Futebol com a abertura da exposição Craques da Copa, que apresenta caricaturas de 20 jogadores brasileiros que brilharam em mundiais. As ilustrações são do cartunista Dodô Vieira. A mostra pode ser conferida até esta sexta-feira (20). Gibiteca Marcel Rodrigues Paes. Abre de terça a sexta-feira, das 13h às 19h. Sábados, das 9h às 18h, e nos domingos, das 9h às 13h. Posto 5, orla do Boqueirão. Entrada franca. Informações pelo telefone 3288-1300.

Pluralidade

A exposição Pluralidade contém oito obras do acervo da Prefeitura de Santos e apresenta uma fração da variedade de estilos que fazem parte desse rico patrimônio artístico da Cidade. Conjunto de 892 trabalhos, o acervo de obras de arte da PMS começou a ser formado a partir de meados de 1960, com doações dos artistas e aquisições de Salões e Bienais de Arte. Possui obras de diversos períodos, suportes e técnicas. Dispõe de trabalhos assinados por Ianelli, Sendim, Pellegatta, Mario Zanini, Henrique Amaral, Araquém Alcântara, Geraldo Lara, Guiomar Fagundes, Luiz Hamen, Marcos Trancoso, Fabrício Lopes e Anderson Camargo, em pinturas de óleos sobre tela e acrílicas, além de gravuras, esculturas e fotografias. Casa do Trem Bélico. Rua Tiro Onze, 11, no Centro Histórico. Com visitação até o dia 31 de agosto, de terça a domingo, das 11h às 17h.

Recordações

A exposição do engenheiro, professor e artista plástico Ivan Battiston Jr. traz algumas das obras que marcaram sua trajetória como pintor. Os trabalhos estão reunidos na exposição Recordações. Além do Brasil, Ivan viveu em países como Alemanha, Suécia e Finlândia. As paisagens das cidades por onde passou são fonte de rica inspiração para os seus quadros. A mostra pode ser conferida até esta sexta-feira (20), das 10h às 18h. Espaço VIP da Galeria de Arte Braz Cubas, no 2º piso do Centro de Cultura Patrícia Galvão. Av. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias. A entrada é gratuita.

A Jornada de Uma Vida

O artista plástico e pesquisador Michael Rousseau viajou por diversos países para conhecer povos e culturas e, sem nunca ter estudado as técnicas, acabou se dedicando à pintura para retratar aquilo que via pelo mundo. Essa experiência resultou na mostra A Jornada de Uma Vida, em cartaz no Espaço Cultural da Pinacoteca Benedicto Calixto. Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, Boqueirão. Aberta ao público até domingo (22), das 9h às 18h. Gratuito.

Aquarela

A Associação Brasileira da Aquarela e das Artes sobre Papel (ABA) apresenta a exposição Aquarelas – Da Montanha ao Mar. A mostra é uma coleção de trabalhos de diversos artistas reconhecidos pelo talento e domínio da técnica, considerada uma das mais delicadas no cenário das artes plásticas. Aberta ao público desta quinta-feira (19) ao dia 26 de agosto. Pinacoteca Benedicto Calixto. Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, no Boqueirão. Entrada gratuita. 

 

ATIVIDADES

 

Leia Santos no mês de julho

O projeto da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), o Leia Santos – Um Incentivo à Leitura segue levando livros e gibis a todos os cantos de Santos. Na segunda-feira (23), a equipe visita Monte Cabrão, na Área Continental, das 10h às 14h. A biblioteca móvel estaciona no Centro Histórico para realizar duas edições especiais de Volta às Aulas, oferecendo livros didáticos e obras literárias que fazem parte da grade escolar e acadêmica. As edições ocorrem no dia 26, na Praça dos Andradas, e no dia 27, na Praça Mauá, das 10h às 14h.

Mitologia greco-romana

As exposições mitológicas explicitam arquétipos atemporais e universais. Ao atribuir características humanas aos deuses, revelaram os princípios de sentimentos e conflitos inerentes a todos os seres humanos. A palestra tem organização da professora Luciene Felix Lamy. Dia 24. 16h. Pinacoteca Benedicto Calixto. Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, Boqueirão. Informações sobre inscrição na secretaria da Pinacoteca.

Branquinha

Branquinha é um casarão à beira-mar com muita história para contar e a oportunidade perfeita para uma visita especial. Dirigida ao público infantojuvenil, tem Eliana Greco e Rosaura Tucci no elenco. Sessões às 15h30, até o dia 25. Pinacoteca Benedicto Calixto. Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, Boqueirão. Entrada gratuita.

 

FEIRAS DE ARTESANATO / ANTIGUIDADES

 

Jardim das Artes

Reunindo 16 expositores, o projeto é voltado às artes visuais, comercializando artigos como quadros, esculturas e fotografias. A feira é realizada no sábado e domingo, das 11h às 17h, na Praça Luiz La Scala (próximo ao Aquário Municipal), na Ponta da Praia.

Feira de Antiguidades

Os apreciadores de artigos curiosos e para colecionadores têm como dica de passeio a Feira de Antiguidades, que reúne dez expositores de itens como porcelanas, peças de decoração e moedas antigas. Nos sábados, das 10h às 19h, na Praça Rotary, no Gonzaga.

Centro com Arte

Tapetes confeccionados com fibra de pneus de caminhão, peças em marchetaria, discos e livros antigos, artesanato em vidro, caixas e baús de madeira, entre outros itens, podem ser encontrados na feira Centro com Arte, organizada pela Secretaria de Turismo. Ocorre às sextas-feiras, na Praça Mauá, e nos sábados e domingos, na Estação do Valongo (Largo Marquês de Monte Alegre, nº 2), sempre das 11h às 17h. Nas sextas-feiras que coincidem com feriado, a feira é transferida para a estação. Informações pelo telefone 3201-8000 ou no site www.turismosantos.com.br.

 

www.santoscidadecriativa.com.br

Galeria de Imagens

Jovem está atrás de umas cordas entrelaçadas. Ele está com os braços par cima. A luz ilumina seu rosto em um ambiente escuro. Cena do espetáculo Nós. #Pracegover
Cantor gospel Henrique Oliveira está sentado. O ambiente ao redor é um parque com árvores. #Pracegover
Personagens de Masha e o Urso no palco. #pracegover

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.