Prefeitura Municipal de Santos


  • 06 DEZ 17
    Comissão é criada visando alinhar educação ambiental na esfera da Prefeitura

    A Prefeitura criou, por meio de decreto publicado nesta quarta-feira (6) no Diário Oficial, a Comissão Intersetorial de Educação Ambiental (Cisea).

    O grupo tem o objetivo de constituir uma base institucional para, a partir de diagnósticos internos das unidades do Poder Público Municipal, criar estratégias de ação e planejamento, voltados à educação ambiental. Propostas para a integração das atividades e promoção da cooperação entre todos os educadores ambientais do poder público municipal também serão articuladas.

    A comissão pretende colaborar na formulação, estruturação e implantação de forma participativa e abrangente da Política Municipal de Educação Ambiental, em conformidade com a Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA) e a Política Estadual de Educação Ambiental de São Paulo (PEEA), com a participação ativa e mobilização da população santista em torno dos debates.

    Pretende, posteriormente, constituir uma Comissão Interinstitucional Municipal de Educação Ambiental, onde contará com a participação de agentes da sociedade. Cláudia Giglio Brito, analista ambiental da Secretaria de Meio Ambiente, explica que os ganhos da comissão serão para toda a sociedade. “A Comissão vem para viabilizar a conexão das pessoas envolvidas com a área ambiental em todas as esferas. Os problemas são comuns e precisam ser tratados de maneira interdisciplinar. Já fizemos um pequeno diagnóstico dos setores internos e vamos elaborar estratégias para alinhas as equipes. Em um segundo momento, a sociedade será convidada a participar da construção da Política Municipal de Educação Ambiental”.

    Inicialmente, a Comissão será integrada por representantes de unidades administrativas da Prefeitura, que possam colaborar para o desenvolvimento e implementação de ações de Educação Ambiental no Município. A nomeação dos representantes irá acontecer nos próximos dias.



TOPO