Prefeitura Municipal de Santos


  • 06 DEZ 17
    Projetos focam em educação ambiental no verão
    Universitários em treinamento no Orquidário. Grupo está acompanhado de monitora. Todos olham para o alto. Um deles fotografa com celular. #pracegover

    Com objetivo de orientar e sensibilizar munícipes e turistas a respeito da sustentabilidade e educação ambiental, a Secretaria de Meio Ambiente se prepara lançamento de dois projetos na temporada de verão 2018.

    Com início na segunda quinzena de dezembro, a Cidade contará com o Quem Cuida Recolhe e Estação Ambiental Orla/Feiras. Neles, atuarão 43 estagiários de universidades da Cidade, que abordarão moradores e turistas nas ruas e praias para tratar de questões como o impacto do plástico na fauna marinha, o descarte correto de recicláveis e o consumo sustentável, entre outros temas.

    A atuação acontecerá em equipamentos públicos municipais, em vias da Cidade e na faixa de areia. Durante o treinamento, as equipes participarão de palestras com especialistas de diversas áreas da Prefeitura, além de visitas técnicas a equipamentos públicos municipais e estaduais.

    SELEÇÃO

    Os estudantes foram selecionados via Centro de Integração Empresa Escola (CIEE). Para o Quem Cuida Recolhe, a carga horária será de quatro horas por dia. Já no Estação Ambiental, a carga horária diária é de seis horas. Os projetos não têm custo para o Poder Público. Eles concorreram a verbas oriundas do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro) e do Ministério Público Estadual e Federal.

    A estudante de engenharia ambiental da Unimonte, Thamiris dos Santos Gonçalves, 27 anos, acredita que, ao final da experiência, levará uma grande bagagem curricular. “Um estagiário sempre procura ter na prática, o que a gente vê na teoria na faculdade. A experiência pessoal será enorme. Primeiro, porque tem a questão de lidar com o outro, você orientar um cidadão a se tornar melhor. E depois, ajudaremos o meio ambiente, e isso não tem valor que quantifique”, disse ela nesta quarta-feira (6) em treinamento no Orquidário.

    ANIMAIS

    Quem Cuida Recolhe tem como objetivo combater o descarte incorreto das fezes animais, que além do impacto na balneabilidade, também oferece risco à saúde dos próprios animais. O trabalho, com 23 estagiários, será realizado ao longo das principais avenidas da cidade, junto aos canais e aos visitantes das Unidades de Educação Ambiental da Semam (Orquidário, Jardim Botânico Chico Mendes e Aquário), durante de dez meses.

    ORLA

    O segundo programa consiste em quatro tendas na faixa de areia, com 20 estagiários percorrendo a orla com informações que vão desde o consumo consciente dos recursos, como água e energia elétrica, até os impactos que o descarte incorreto de resíduos provoca na qualidade de vida de todos. Ao final do verão, as tendas da Estação Ambiental deixam as praias e vão para as feiras livres, com o objetivo de sensibilizar consumidores e feirantes para temas como a necessidade do aproveitamento integral dos alimentos e a compostagem de resíduos orgânicos.  

    LANÇAMENTO

    Os programas Quem Cuida Recolhe e Estação Ambiental serão oficialmente apresentados na próxima segunda-feira (11), às 11h, no Salão Nobre do Paço Municipal.



TOPO