Prefeitura Municipal de Santos


  • 16 JUL 17
    Público prestigia 2ª edição do Concurso de Bandas e Fanfarras
    Quatro adolescentes tocando tuba com uniformes usados em apresentações de bandas e fanfarras desfilam na orla de Santos durante concurso. #PraCegoVer

    O dia ensolarado deste domingo (16) deixou ainda mais bonita a 2ª edição do Concurso de Bandas e Fanfarras, realizada na avenida Conselheiro Nébias, trecho entre as vias Bartolomeu de Gusmão e Epitácio Pessoa. O evento foi uma realização da Banda Família do Bem, em parceria com a prefeitura, patrocínio da Nita Alimentos e apoio da SB7 Som e Luz.

    “O nosso objetivo é dar incentivo para as bandas e resgatar o trabalho realizado por elas, para que o público tenha a oportunidade de conhecê-las”, destacou o coordenador artístico do concurso, Milton Custódio Simões.

    Durante toda a manhã, 17 bandas se apresentaram com repertório variado, incluindo grandes sucessos populares nacionais e internacionais. Entre elas, seis convidadas especiais e as demais concorreram em quatro categorias: Banda Marcial Infanto-Juvenil (até 18 anos completos), Especial Sênior, Banda de Percussão Sênior e Banda Marcial Sênior, com pessoas acima de 18 anos.

    Participaram cerca de 1.300 músicos, além de dançarinas dos corpos coreográficos e pessoal de apoio técnico. Os grupos foram avaliados por 11 jurados especializados.

    Participantes

    “Este evento é um exemplo para a comunidade”, destacou um dos fundadores da banda convidada Rede Unida de Bandas (Rub), Valmir Severino de Souza. Um dos organizadores do grupo, Hipólito Adiego, explicou que os ensaios são realizados na escola estadual Leopoldo José de Sant’Anna, em São Vicente, na qual ele é diretor. “Lá fazemos um trabalho de formação de novos músicos, envolvendo alunos e seus pais”, contou.

    Três escolas da rede municipal de Santos também fizeram parte do evento: Florestan Fernandes, José Carlos de Azevedo Júnior e Edméa Ladevig. Elas integram o projeto Pra Ver a Banda Tocar, dentro do Programa Escola Total, da Seduc (Secretaria de Educação), formado por 23 grupos musicais e 1,2 mil estudantes.

    “Para os alunos é importante participar de iniciativas como esta, pois valorizam toda a dedicação e empenho deles no projeto”, afirmou o monitor da banda Edméa Ladevig, Michel Teobaldo da Silva. Uma das integrantes da banda, Renata Coutinho, 15, já está no ensino médio, mas ainda continua com o grupo. “Faço isso com muito amor e sou apaixonada pela música”.

    Público

    Ingrid Melo, 35, levou a filha Catarina, de apenas dois anos, para assistir a apresentação. “A Catarina ama música e acho importante incentivá-la e trazê-la para conhecer as bandas e os instrumentos”.

    Alexandre Sampaio, 35, e a irmã Kátia Sampaio, 30, também prestigiaram. “Temos um irmão que tocou na banda de Cubatão e sempre fizemos parte deste meio. Fico emocionado com o som”, disse Alexandre.

    Confira o resultado do concurso:

    - Categoria Banda Marcial Infanto-Juvenil - Orquestra de Metais EMEF João José de Almeida (Santa Isabel).
    - Categoria Especial Sênior - Banda Lar das Moças Cegas de Santos
    - Categoria Banda de Percussão Sênior - COMUCOS - Corporação Musical e Coreografia de Santos.
    - Categoria Banda Marcial Sênior - Banda Marcial Municipal de Itanhaém

    Outras premiações
    - Linha de frente Sênior - Banda Marcial Municipal de Itanhaém.
    - Linha de frente infanto-juvenil - Banda Marcial UME Florestan Fernandes.
    - Baliza infanto- juvenil - Orquestra de Metais EMEF João José de Almeida (Santa Isabel).
    - Baliza Sênior - Banda Marcial Municipal de Itanhaém.
    - Mor - Campeã de todas as categorias - Banda Marcial Municipal de Itanhaém.
    - Campeã do Projeto Pra Ver a Banda Tocar - Banda Marcial UME Florestan Fernandes.
    - Campeã Geral do Concurso - Banda Musical Municipal de Itanhaém.
    - Vice-campeã geral - COMUCOS _ Corporação Musical e Coreografia de Santos.

    Foto: Isabela Carrari



TOPO