Conteúdo

Santos tem nota máxima e lidera ranking estadual sobre portal de transparência

9 de junho de 2016
16h 58

O Cidade Aberta foi considerado entre os melhores portais de transparência de São Paulo pelo Ministério Público Federal (MPF). A Cidade obteve o primeiro lugar geral do Estado, compartilhado com outros seis municípios, com a nota máxima 10 - avaliação conquistada por apenas 120 prefeituras entre as 5.567 pesquisadas em todo o País.

O segundo Ranking Nacional da Transparência avalia os instrumentos de transparência de dados oficiais e informações, como receitas, despesas, licitações e pagamento de salários. Na primeira edição, entre 8 de setembro e 9 de outubro de 2015, Santos ocupava a 5ª posição e tinha a nota 8,7.

Avaliadas

Ao saltar quatro posições, a Cidade divide a primeira colocação com Caçapava, Guarujá, Indaiatuba, Marília, Sorocaba e Taboão da Serra. A pontuação santista (10) está à frente de Porto Velho (9,8), Belém (9,70), Maceió (9,50), Palmas (9,30) e Fortaleza (9,20) e empatada com Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre e Recife (as dez capitais brasileiras mais bem avaliadas).

O município atendeu todos os 16 quesitos avaliados (contra os 12 da edição anterior), com informações no portal como as receitas e despesas dos últimos seis meses, ferramenta de pesquisa de conteúdo, prestações de contas e relatórios e pedidos de informação por meio eletrônico.

Serviço

Ranking completo: www.combateacorrupcao.mpf.mp.br

Saiba mais

Lançado em junho de 2013 e reformulado dois anos depois, o portal já recebeu mais de 1 milhão de acessos. Está em atualização permanente e oferece 28 campos de pesquisa, entre eles 'Quadro de servidores', 'Folha de Pagamento', 'Licitações', 'Receitas' e 'Despesas'.

Apresenta 98 indicadores em dez áreas: Infraestrutura, Modernidade, Meio Ambiente, Cidadania, Mobilidade, Prosperidade, Saúde, Educação, Segurança e Cultura. 

Entre os diferenciais está a ferramenta 'Mapa da Transparência', disponível desde março. Contém os 300 prédios públicos do Município georreferenciados e indicados com ícones de acordo com as suas áreas.

Foto: Arquivo Secor / Rogério Bomfim

Conteudo do Portal de Ouvidoria

Para ver todas as novidades sobre "Gestão" visite o Portal Ouvidoria