Santos e Alemanha firmam parceria para desenvolvimento na área portuária

Publicado: 20 de junho de 2010
18h 00
Noticías

Prefeitura, Codesp e o Ministério de Transportes, Construção e Desenvolvimento Urbano da Alemanha firmaram carta de intenções nesta segunda-feira (21) para buscar saídas para o aprimoramento do setor portuário.

Comitiva daquele país, liderada pelo secretário de Estado do Ministério, Rainer Bomba, foi recebida pelo prefeito João Paulo Tavares Papa. Políticos, empresários e trabalhadores participaram da solenidade no salão nobre da prefeitura, durante a qual Papa destacou que “a cidade está se preparando para os enormes desafios do mais importante porto do Hemisfério Sul”.

O acordo prevê cooperação nas áreas de desenvolvimento e estratégias de transporte hidroviário e plataformas logísticas, intercâmbio cultural e educacional, capacitação de profissionais e pesquisas científicas, entre outros itens. “Estive aqui há dois meses e fiquei entusiasmado com o rápido desenvolvimento pelo qual Santos está passando.

A cidade tem papel-chave para o Brasil. Isso me motivou a criar um grupo técnico para buscar agilidade no transporte de mercadorias”, disse Rainer Bomba.

O trabalho deve ser apresentado em visita dos alemães em outubro. A Alemanha é um dos principais polos de distribuição de mercadorias na Europa e referência em tecnologia. Uma delegação santista visitou aquele país no início do mês.

“A experiência técnica que tivemos lá foi fundamental para traçar nosso planejamento. Temos de trocar de idéias. O porto de Santos representa mais de 45% na relação comercial Brasil – Alemanha”, afirmou o presidente da Codesp, José Roberto Serra.

Também participaram da solenidade o capitão-de-mar-e-guerra Antonio Sérgio Caiado de Alencar (capitão dos portos de São Paulo); cônsul-geral da Alemanha no Brasil, Heinz-Peter Behr; o cônsul-honorário daquele país em Santos, Michael Timm; presidente da ABTRA (Associação Brasileira de Terminais e Recintos Alfandegados), Agnes Barbeito de Vasconcellos; presidente do Sindraport, Everandi Cirino dos Santos; secretário municipal de Assuntos Portuários e Marítimos e presidente do CAP, Sérgio Aquino, e vereadores.