Conteúdo

Primeiro dia de desfile das Escolas de Samba transcorre sem incidentes graves

18 de fevereiro de 2017
3h 26

O primeiro dia do desfile na passarela do samba Drausio da Cruz, entre a noite de sexta (17) e a madrugada de sábado (18), transcorreu sem incidentes graves. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realizou até as 5h de sábado (18) um total de 16 atendimentos médicos, sendo quatro deles no posto da área dos camarotes e 12 no posto avançado próximo à dispersão.

A ocorrência mais delicada foi o caso de uma menor de idade com intoxicação alcoólica. Ela estava na área de fora do sambódromo e foi levada para o posto avançado, onde foi atendida, medicada e removida consciente ao Pronto Socorro da Zona Noroeste.

A SMS contou com 51 profissionais e seis veículos (quatro ambulâncias e duas motos). Os demais atendimentos foram relativos a casos de hipertensão (pressão alta), hiperglicemia (alta taxa de açúcar no sangue), desmaios, entorse e outros pequenos ferimentos.

Na área da Segurança, a Guarda Municipal (GM) registrou apenas um princípio de desentendimento na área dos camarotes térreos, o qual foi controlado por integrantes da corporação. O efetivo teve o trabalho de 120 guardas, com apoio de nove viaturas (cinco carros e quatro motos), e atuação conjunta com a Polícia Militar.

Foto: Susan Hortas