Conteúdo

Prefeitura pede início das obras federais na entrada da Cidade

2 de fevereiro de 2017
17h 56

Dentro das atividades que marcaram nesta quinta-feira (2) o início da programação do aniversário de 125 anos do Porto de Santos, o prefeito Paulo Alexandre Barbosa reforçou ao ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella Lessa, a importâcia do início das obras federais na entrada da Cidade. O representante da União participou da inauguração do Centro de Controle de Tráfego de Embarcações, na Ponta da Praia, e da reforma do auditório do edifício-sede da Codesp (Macuco).

O chefe do Executivo santista lembrou do convênio formalizado em 2013 que prevê a divisão das obras entre o Município (na área urbana), Estado (área rodoviária) e União (acessos ao Porto), totalizando R$ 750 milhões. “O Município fez o projeto, obteve financiamento e já começou as obras de sua competência. O governador Geraldo Alckmin anunciou que a parte do Estado terá início em fevereiro e, agora, temos a necessidade das obras do governo federal”, destacou Paulo Alexandre, frisando que os novos acessos ajudarão a alavancar a economia nacional.

Maurício Lessa explicou que em virtude do momento econômico e das restrições orçamentárias da sua pasta foram priorizados os investimentos nas dragagens dos principais portos brasileiros, incluindo o de Santos. A ordem de serviço para os trabalhos, cujo contrato é na ordem de R$ 369 milhões, deverá ser assinada na próxima semana. A previsão é que a profundidade do canal de navegação e das bacias de acesso aos berços de atracação passe dos atuais 15 metros, em média, para 15,4 e 15,7 metros nos próximos três anos.

“Agora vamos partir para atacar a parte dos acessos aos portos”, disse o ministro em referência à solicitação do prefeito. Segundo o presidente da Codesp, José Alex Oliva, o projeto executivo das obras federais na entrada da Cidade deverá ser finalizado em conjunto com a Dersa até o final do ano. “Estamos em negociação com o ministério (dos Transportes) para garantir o dinheiro para o início da obra logo que terminar o projeto. Se não ainda este ano, mas, com certeza, no início do ano que vem devemos começar a obra do novo acesso ao Porto de Santos”.