Parceria trará R$ 4 milhões de investimento para a Educação

Publicado: 18 de outubro de 2017
16h 45
Noticías

Parceria com a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) firmada na tarde desta quarta-feira (18), no Paço Municipal, beneficiará escolas da rede com investimento de cerca de R$ 4 milhões, divididos em duas ações.

Durante reunião com autoridades da empresa e do Município, foram assinados dois termos, um de compromisso e outro de cooperação técnica. O valor de R$ 1,750 milhão será aplicado no projeto Tamboro, que busca contribuir com a melhoria da aprendizagem de matemática, utilizando uma plataforma interativa e lúdica.

“Com login e senha, os alunos poderão acessar o espaço de qualquer lugar e lá encontrarão jogos e atividades importantes para o aprendizado. A ação também visa formar dos professores e terá a duração de 24 meses”, destacou a sócia da empresa Tamboro e coordenadora do projeto, Maíra Pimentel. A empresa foi selecionada pela CPFL para aplicar a iniciativa.

O projeto estará presente em nove unidades e beneficiará 7.300 estudantes da Ayrton Senna, Cidade de Santos, Florestan Fernandes, José Carlos de Azevedo, Leonardo Nunes, Lourdes Ortiz, Pedro Crescenti, Pedro II e Vinte e Oito de Fevereiro. Todas fazem parte do programa Justiça Restaurativa e também serão equipadas com núcleos e bibliotecas tecnológicas, por meio de parceria com a empresa VLI

 

Segundo o diretor de Sustentabilidade da CPFL Energia, Rodolfo Sirol, é a primeira vez que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) autoriza um projeto sem que exista um produto físico, como uma construção, por exemplo. “Queremos dar a nossa contribuição para a melhoria da qualidade de ensino, com uma linguagem tecnológica e inovadora”, destacou. O investimento faz parte de contrapartida social de linha de crédito concedida pelo BNDES à CPFL Energia.

Mais melhorias

Outros R$ 2,250 milhões serão usados para trocar as lâmpadas das 81 unidades municipais por equipamentos de led. “Serão 20 mil pontos de trocas, o que trará uma economia de 80% de energia. Estas lâmpadas têm durabilidade de dez anos, diminuindo o custo de manutenção.”, destacou o presidente da CPFL Piratininga e Paulista, Carlos Zamboni Neto.

As substituições serão iniciadas no final de novembro e têm previsão de término de seis meses.

O prefeito Paulo Alexandre Barbosa agradeceu a parceria e destacou a importância das ações. “São iniciativas de grande relevância para a nossa Cidade e, principalmente, para as escolas”.

Fotos: arquivo Secom e Raimundo Rosa

Atualizações

Todas as novidades para Parceria trará R$ 4 milhões de investimento para a Educação