Conteúdo

Dia D: munícipes buscam postos para se vacinar contra a febre amarela

3 de fevereiro de 2018
11h 06

 

ANDRESSA LUZIRÃO

Na preocupação com a saúde da família, a administradora Ana Cristina Gonçalves Pereira, 36 anos, foi uma das primeiras a receber a dose da vacina contra a febre amarela na Policlínica do Embaré, na manhã deste sábado (3), primeiro Dia D da campanha preventiva de imunização. Acompanhada do marido, o também administrador André Luiz Pereira, 43, e das filhas Giovana, 9, e Juliana, 4, eles foram atendidos pela equipe da unidade, onde o movimento estava tranquilo.

“Temos que cuidar da família. Estamos planejando viajar para local de risco, então achamos melhor nos prevenir. Se tem vacina, por que não tomar?”, disse ela. Moradora do Aparecida, dona Ana Blanco Rodrigues tem 80 anos e apresentou atestado médico. “Fui ao cardiologista e ele me autorizou a tomar. Acho bom a gente evitar essa doença. Quero me garantir, afinal, esse bichinho é tão pequeno que a gente nem vê”.  

O Dia D segue neste sábado até as 17h em 22 postos de vacinação nas cinco regiões da Cidade (veja endereços abaixo). São cerca de 400 profissionais de saúde em atuação, com apoio de estudantes e professores de instituições de ensino conveniadas da Prefeitura. Outro Dia D será realizado dia 17 (sábado), nos mesmos locais e horários.

 “A febre amarela é uma doença grave e, muitas vezes, fatal. Então, é importante as pessoas se conscientizarem e se dirigirem aos postos para se imunizarem. A Prefeitura montou estrutura para atender a toda população”, ressalta a chefe do Departamento de Vigilância em Saúde, Ana Paula Valeiras, da Secretaria de Saúde, lembrando que a meta é vacinar cerca de 420 mil pessoas - até agora foram 25 mil imunizados.

Para se vacinar na Cidade é necessário apresentar documento de identidade com foto (RG ou CNH, por exemplo) ou certidão de nascimento (no caso de crianças), sendo recomendado levar o Cartão SUS. Também é importante levar a carteirinha de vacinação para agilizar o atendimento e ajudar na verificação pelos profissionais se a pessoa está apta ou não a tomar a dose.

Contraindicações

De acordo com a SMS, há parcelas da população com contraindicações à vacina, como crianças com menos de 9 meses, pessoas com doenças que baixam a imunidade (como lúpus e câncer), grávidas, mulheres que amamentam bebês de até seis meses e alérgicos a gelatina e ovo.

Idosos somente serão vacinados após avaliação e apresentação de autorização médica por escrito. Quem já tomou a vacina uma vez não precisa tomar novamente, porque ela é válida por toda a vida. A campanha teve início em 25 de janeiro e segue até dia 17, das 9h às 16h, nas mesmas 22 unidades, de segunda a sexta-feira.

 

Confira os endereços dos postos:

 

Orla

  • Aparecida - Av. Pedro Lessa, 1.728
  • Campo Grande - Rua Carvalho de Mendonça, 607
  • Embaré - Praça Coronel Fernando Prestes s/nº
  • Gonzaga - Rua Assis Correia, 17
  • José Menino / Pompeia - Avenida Floriano Peixoto, 201
  • Ponta da Praia - Praça 1º de Maio s/nº

 

Centro/Área Continental

  • Conselheiro Nébias - Av. Conselheiro Nébias, 514 - Encruzilhada
  • Vila Mathias - Rua Xavier Pinheiro, 284 – Encruzilhada 
  • Centro de Saúde Martins Fontes – Rua Luiza Macuco, 40
  • Vila Nova - Praça Iguatemi Martins s/nº
  • Caruara - Rua Andrade Soares s/nº

 

Zona Noroeste

  • Alemoa e Chico de Paula - Praça Guilherme Délius s/nº, Alemoa
  • Bom Retiro - Rua João Fraccaroli s/nº
  • Rádio Clube - Avenida Hugo Maia s/nº
  • São Manoel - Praça Nicolau Geraigire s/nº
  • São Jorge e Caneleira - Rua Francisco Ferreira Canto, 351 - São Jorge
  • Castelo - Rua Francisco de Barros Melo, 184

 

Morros

  • Marapé - Rua São Judas Tadeu, 115
  • Nova Cintra - Rua José Ozéas Barbosa s/nº
  • São Bento - Rua das Pedras s/nº
  • Valongo - Rua Profª. Maria Neusa Cunha s/nº - Saboó
  • Morro do José Menino - Rua Doutor Carlos Alberto Curado, 77 A. 

 

 

Fotos: Rogério Bomfim

Galeria de Imagens

Aplicação da vacina em braço de mulher. Imagem está em close up. Agulha está enfiada no braço direito. Uma das mãos da pessoa que aplica tem um pequeno pedaço de adesivo para ser colocado sobre o local onde foi aplicada a injeção. #pracegover
Antes da vacina, equipe da policlínica preenche ou checa alguns documentos. Paciente de costas está à espera. #pracegover
Família de Ana Cristina e André Luiz com duas filhas sorri para a foto na área interna da policlínica
Ana Blanco Rodrigues sorri para a foto em uma sala da policlínica. #pracegover