Conteúdo

Bate papo no Sesc reúne surfistas para discutir ética

8 de abril de 2016
13h 37

O respeito ao próximo dentro e fora do mar. Essa ideia reuniu surfistas de várias gerações no auditório do Sesc, na noite de quinta-feira (7). Um grande bate papo com os pioneiros do surfe e convidados sobre ética e comportamento emocionou a todos e promoveu reencontros de amigos que não se viam há anos.

O evento fez parte da programação do Prancha Oca Santos Longboard Festival, que começou na terça (5) com a apresentação de documentário sobre Cisco Araña, educador físico e primeiro surfista profissional do Estado.

“Conseguimos fazer um festival nos moldes havaianos. Reunimos aqui surfistas dos Estados Unidos, França, Uruguai, além de brasileiros de várias partes. Precisamos aprender que exercitar o amor é muito importante, tanto no esporte, quanto na vida”, declarou Cisco.

Amizade

Um dos representantes internacionais que participaram do bate papo, o uruguaio Ariel González era um dos mais emocionados. “Fiz questão de vir e encontrei um amigo que não via há 40 anos. Só isso já valeu a experiência”.

O secretário de Esportes, Alcídio Mello, Cidão, fez a abertura do evento e fez questão de destacar a força do surfe na Cidade. “Temos um trabalho incrível na Escola Radical, coordenado pelo Cisco, com apoio de todos vocês. Sozinho a gente nunca vai fazer nada, mas, em equipe, conseguimos vencer”.

Foto: Ronaldo Andrade